Tag: Comunicação Científica

Identificadores e Pesquisa: Fundamentos e Planos do ORCID – Entrevista com Laure Haak

O Brasil está promovendo um avanço notável na adoção do identificador de pesquisadores ORCID com a formação do Consorcio Consórcio Brasileiro ORCID liderado pela CAPES com a participação de várias organizações entre as quais o SciELO. Todos os periódicos SciELO Brasil publicarão os artigos com o ORCID dos autores a partir de 2019. Entrevista com Laure Haak realça a importância do ORCID. Read More →

Perspectivas da avaliação por pares aberta: Instigante ponto de interrogação

Pesquisa analisa a viabilidade da adoção da avaliação por pares aberta por periódicos da ciência da informação. Este post apresenta a primeira etapa já concluída com foco nos editores. A segunda etapa já em andamento tem como foco avaliadores, com o fim de alcançar visão abrangente sobre a adoção da avaliação por pares aberta pelos periódicos da ciência da informação. Read More →

Discutindo indicadores em financiamento à pesquisa: Qual o papel das altmetrias?

Em qualquer extensão, altmetrias, ou métricas alternativas, estão ganhando força no ensino superior. Este post é baseado em minha dissertação de mestrado, que explora o uso de altmetria com foco em financiamento à pesquisa. As altmetrias rastreiam e contam as menções de citações acadêmicas em mídias sociais, sites de notícias, documentos de política e sites de bookmarking social. Em seguida, os provedores de dados altmétricos agregam o número de menções. Isso permite uma observação de quantas vezes a pesquisa foi visualizada, discutida, seguida, compartilhada e baixada. Read More →

SciELO lança nova interface de operação das coleções

A nova interface de operação das coleções nacionais e temáticas da Rede SciELO oferece experiência visual contemporânea e se caracteriza pela rapidez de resposta. O desenvolvimento da interface fez uso de tecnologias de programação, processamento e integração eficientes, flexíveis e de alta segurança. A nova interface está em operação experimental com a coleção temática SciELO Saúde Pública desde novembro de 2017. Em 2019 todas as coleções da Rede SciELO estarão operando com a nova interface. O lançamento da interface é parte das comemorações dos 20 anos do Programa SciELO. Read More →

Como aproveitar ao máximo uma conferência acadêmica – uma lista de verificação para antes, durante e após a reunião [Publicado originalmente no blog LSE Impact of Social Sciences em Março/2018]

Preparando-nos para a celebração dos 20 Anos do SciELO, esta publicação de Marta Teperek apresenta uma lista de verificação dos preparativos antes, durante e após um evento acadêmico para maximizar a oportunidade de entrar em contato com especialistas e trocar ideias. Read More →

Critérios de autoria preservam a integridade na comunicação científica

A crescente demanda por transparência e abertura na pesquisa e sua comunicação tem por objetivo aumentar a confiabilidade e reprodutibilidade dos resultados publicados. A atribuição de autoria, por sua relevância nos processos acadêmicos de avaliação e recompensa, exige comprometimento, transparência e regras claramente definidas. Um grupo de estudiosos composto por acadêmicos, instituições de pesquisa, agências de fomento, publishers e sociedades científicas desenvolveu uma taxonomia com 14 categorias para classificar a contribuição de autores. Vincular as categorias desta taxonomia ao identificador persistente de autor (ORCID) e aos metadados do artigo permite rastrear a contribuição dos autores através de suas publicações e de sua carreira. Read More →

Os artigos dos periódicos SciELO nas plataformas de Ciência Aberta da Comissão Europeia

A plataforma tecnológica do SciELO foi atualizada no início de 2018 para permitir a integração dos artigos dos periódicos SciELO nas fontes de informação dos projetos OpenAire e OpenMinTED da Comissão Europeia. O OpenAire opera um repositório de textos e dados de pesquisa e serve de apoio aos mandatos de acesso aberto e de dados de pesquisa abertos da comunidade europeia. O projeto OpenMinTED promove o desenvolvimento de uma plataforma de mineração de textos completos e de dados de pesquisa. A participação dos artigos SciELO nestas plataformas contribuirá para ampliar a visibilidade e uso dos resultados das pesquisas que comunicam. Read More →

Blogs como forma de comunicação científica na era das redes sociais

Blogs são um excelente canal de disseminação da ciência para uma audiência mais ampla. Os blogs requerem tempo, empenho e dedicação, porém os esforços são amplamente recompensados. Associados às redes sociais permitem aos pesquisadores construir redes de contatos, atrair jovens colaboradores e estudantes e aumentar o prestígio junto às suas instituições. Read More →

Sobre as vinte e duas definições de revisão por pares aberta… e mais

A Revisão por Pares Aberta é uma das pedras fundamentais da agenda da Ciência Aberta (Open Science), ao lado do Acesso Aberto, Dados Abertos e as Revisões Abertas (Open Access, Open Data and Open Peer Review). Entretanto, a proposta produz diferentes reações e atitudes entre editores, autores, pareceristas e publishers e isso se soma às iniciativas dos servidores de preprints. Read More →

Práticas de comunicação científica na Física de Altas Energias: potencialidade dos preprints

A utilização de repositórios de preprints na Física de Altas Energias (FAE) para acelerar o processo de comunicação científica remonta a mais de meio século, incentivando a prática do autoarquivamento e do acesso aberto aos resultados de pesquisa. O relato reflete sobre a potencialidade dos preprints na comunicação científica da FAE através das iniciativas Open Access SPIRES e arXiv. O sucesso de repositórios e bancos de dados de pré-publicações na Física parece haver incentivado outras áreas para instalarem seus repositórios temáticos, favorecendo a livre circulação da informação e discussão de dados científicos. Read More →

Radiografia da publicação acadêmica em acesso aberto e seus indicadores bibliométricos

Como a publicação em acesso aberto evolui através do tempo? É verdade que artigos em acesso aberto são mais citados? O acesso aberto aumenta devido à mandatos institucionais ou de governos ou por iniciativa dos próprios autores? Para responder a estas e outras questões, a National Science Foundation dos Estados Unidos encomendou à Science-Metrix um detalhado estudo sobre a publicação acadêmica em acesso aberto, considerando a via dourada e a via verde, a influência das disciplinas e o comportamento nos países líderes em pesquisa ao longo da última década. Conheça aqui os resultados. Read More →

O sistema Qualis: a perspectiva de um periódico multidisciplinar [Publicado originalmente no editorial do vol. 89 no. 3 nos Anais da Academia Brasileira de Ciências]

O sistema Qualis de avaliação de periódicos da CAPES penaliza o desenvolvimento de periódicos multidisciplinares como os Anais da Academia Brasileira de Ciências (AABC). Presente em 39 das quase 40 áreas de avaliação, o ranking dos Anais varia do estrato A2 a B5. Quando o Qualis rebaixa o ranking dos Anais em uma determinada disciplina ocorre imediatamente uma diminuição nas submissões recebidas, afetando a evolução do periódico e a gestão editorial a médio e longo prazo. Em editorial, o editor-chefe dos AABC reivindica ações afirmativas para qualificar a pesquisa do Brasil com um periódico multidisciplinar de qualidade. Read More →

Quantidade importa na medida em que o impacto da citação aumenta com a produtividade [Publicado originalmente no blog LSE Impact of Social Sciences em Janeiro/2018]

Muitos acadêmicos são encorajados a se concentrar na qualidade e não na quantidade de suas publicações; a razão disso é que ao focar muito em produtividade, corre-se o risco de reduzir a qualidade do trabalho. Mas seria esse, de fato, o caso? Peter van den Besselaar e Ulf Sandström estudaram uma grande amostra de pesquisadores e descobriram que, embora os resultados variem de acordo com as áreas, existe uma relação positiva e mais forte que linear entre produtividade e qualidade (em termos de artigos mais citados). Este mesmo padrão parece se aplicar a instituições e a pesquisadores individuais. Read More →

Declaração de Sant Joan d’Alacant em defesa do Acesso Aberto às publicações científicas, do grupo de editores de revistas espanholas em ciências da saúde (GERECS)

Alinhado com a Plataforma Política Europeia de Ciência Aberta e outras declarações, o grupo de editores de periódicos espanhóis de ciências da saúde, no seu encontro de novembro de 2017, emitiu a Declaração de Sant Joan d’Alacant em prol do Acesso Aberto. Read More →

Os Critérios de indexação do SciELO alinham-se com a comunicação na ciência aberta

Os novos Critérios SciELO Brasil estão alinhados com as boas práticas da comunicação na ciência aberta. Passam a valer a partir de janeiro de 2018 e projetam uma nova etapa de aperfeiçoamento da comunicação científica do Brasil que deverá estender-se progressivamente para os demais países da Rede SciELO. O avanço para a ciência aberta tem como características o reposicionamento dos principais atores da comunicação científica: autores, periódicos e agências de fomento. Read More →