Category: Notícias

Projeto Presença em Mega Índices propõe criar maior visibilidade para os periódicos da Coleção SciELO Brasil

Buscando ampliar a presença internacional, facilitar o acesso à informação e geração de indicadores de qualidade dos periódicos SciELO, está em curso um projeto com apoio da equipe do Scopus no Brasil para maximizar a indexação dos periódicos SciELO começando com os da coleção do Brasil. O processo, que abarca cerca de 75 periódicos, iniciou com uma pré-analise seguida por um webinário, envio de dados coletados para o Scopus e atualização de páginas informativas. Read More →

Equidade de sexo e gênero na pesquisa e na publicação

Em 8 de junho de 2021, a ABEC Brasil promoveu, com o apoio do Programa SciELO, o webinário “Equidade de sexo e gênero na pesquisa e na publicação”. Ministrado pela Dra. Shirin Heidari, fundadora do Comitê de Políticas de Gênero da EASE, autora principal das diretrizes SAGER e Presidente fundadora da GENDRO, o webinário discutiu, dentre outras questões, porque sexo e gênero importam na pesquisa e no relato dos resultados e o que editores, revisores e autores podem fazer para melhorar o relato sensível ao gênero. Read More →

Acelerando o Plano S: acordos de acesso aberto com publishers pequenos

Os acordos de Acesso Aberto (AA) entre consórcios, bibliotecas e publishers independentes de pequeno porte são cada vez mais utilizados em todo o mundo, refletido no número crescente de artigos AA publicados. Um informe recente da Association of Learned & Professional Society Publishers (ALPSP), do qual o SciELO faz parte, mostra os avanços que estão sendo feitos em outras regiões do mundo. Por outro lado, a América Latina, pioneira em periódicos de AA, não sofre com estas limitações, mas para pequeno publishers em muitos países ainda há um longo caminho a percorrer. Read More →

Voto em Bolsonaro revela variante brasileira do populismo de direita

Em contraste com outros países, o Brasil de 2018 teve a maior a proporção de eleitores da extrema direita entre os cidadãos com melhor condição econômica. Pesquisa também revelou que, ao contrário da expectativa convencional, alta escolaridade não significou voto contra valores autoritários e em favor da diversidade na eleição presidencial. Read More →

É preciso uma aldeia global ou um resumo da NISO Plus 2021

A segunda Conferência NISO Plus foi realizada virtualmente de 22 a 25 de fevereiro. O tema deste ano foi “Conversas globais – conexões globais” com diversidade, equidade e inclusão (DEI), acessibilidade e as mudanças trazidas pela pandemia de COVID-19 sendo tópicos transversais ao longo da conferência. Este post resume (principalmente) as discussões em torno destes tópicos e como eles se relacionam com os desafios atuais da nossa comunidade. Read More →

Integração de bases de dados nacionais acadêmicas na Europa

A necessidade de uma infraestrutura abrangente para publicações acadêmicas está na agenda da União Europeia há muito tempo. Em particular, a política de ciência aberta da Comissão Europeia destaca a necessidade de uma boa base de dados para monitorizar as publicações de acesso aberto na Europa. No entanto, ainda faltam muitas publicações para contar com uma infraestrutura de informação abrangente sobre pesquisa aberta. Nos últimos 10 anos, os países europeus investiram significativamente em infraestruturas nacionais, e agora, pelo menos 20 países europeus têm uma base de dados nacional para pesquisa de metadados de publicação aberta. No entanto, elas ainda não estão integradas nem são amplamente utilizadas para comparações entre países. Read More →

Publishers e dados FAIR

Neste post se apresenta uma proposta aos publishers acadêmicos para incentivar e permitir que os autores tornem seus artigos – e, quando possível, os conjuntos de dados subjacentes – semanticamente inequívocos para que possam ser comunicados como dados FAIR (Findable, Accessible, Interoperable, and Reusable, ou seja, encontráveis, acessíveis, interoperáveis e reutilizáveis). A proposta é descrita em detalhes em um artigo publicado em acesso aberto, para o qual um link é fornecido no post. Read More →

DOAJ lidera uma colaboração para melhorar a preservação de periódicos em acesso aberto [Publicado originalmente em ISSN.org em novembro/2020]

O DOAJ (Directory of Open Access Journals), junto ao CLOCKSS Archive, o Internet Archive, o Keepers Registry/Centro Internacional do ISSN e o Public Knowledge Project (PKP) uniram forças para oferecer uma alternativa de arquivamento aos periódicos em acesso aberto de pequeno porte que não cobram taxas de publicação dos autores (APC). Read More →

Lançada a Initiative for Open Abstracts para promover a descoberta da pesquisa [Publicado originalmente em IO4A.org em setembro/2020]

A Initiative for Open Abstracts (I4OA) insta publishers acadêmicos a abrir seus resumos e, mais especificamente, a depositá-los no Crossref. A disponibilidade irrestrita de resumos impulsionará a descoberta da pesquisa. 34 publishers já concordaram em apoiar a I4OA e em disponibilizar seus resumos abertamente. A I4OA também é apoiada por diversos financiadores de pesquisa, bibliotecas e associações de bibliotecas, provedores de infraestrutura e organizações de ciência aberta. Read More →

SciELO atualiza os critérios de indexação. Nova versão vigora a partir de maio de 2020

Os novos critérios de indexação de periódicos da Coleção SciELO Brasil estão centrados nas boas práticas editoriais e passam a valer a partir de maio de 2020. Os critérios refletem os objetivos, princípios e funções do Programa SciELO e implementam as linhas prioritárias de ação de profissionalização, internacionalização e sustentabilidade alinhadas com o modus operandi da ciência aberta. O ajuste da política e gestão editorial é a principal ação que os periódicos deverão realizar para compatibilizar-se com os novos critérios. Read More →

“O sábio não está no palco” ou uma retrospectiva da primeira conferência NISO Plus

A primeira conferência NISO Plus foi realizada em Baltimore, EUA, de 23 a 25 de fevereiro. O evento foi centrado na comunicação científica relacionada a padrões que são de especial interesse para o SciELO e o ORCID. Idealizada para ser “uma experiência de conferência diferente para a comunidade da informação”, o evento foi caracterizado pela participação, colaboração e inclusão. A NISO Plus conseguiu evitar o formato tradicional de conferência “sábio no palco” e tratou de discussões abertas, animadas (e nerds!). Este post resume a discussão sobre padrões contemporâneos. Read More →

Desbloqueie formas de compartilhar dados na avaliação por pares

A avaliação por pares é o processo intrínseco da pesquisa científica. No entanto, existem poucos estudos sistemáticos sobre este procedimento e não é simples ter acesso à informação de gestão administrada pelos publishers. O projeto PEERE, financiado pela Comunidade Europeia, disponibilizaria estes dados como um bem público. Read More →

A via para os preprints (Parte 2): O Servidor de Preprints do SciELO [Publicado originalmente no site do PKP em março/2020]

Nossa história de preprints continua com um post convidado de autoria do SciELO [no site do PKP]. Além do financiamento inicial para viabilizar o Open Preprint Systems (OPS), o SciELO está trabalhando em estreita colaboração com a equipe do PKP para garantir que o software seja desenvolvido e mantido seguindo as melhores práticas do estado da arte e que seus recursos atendam às necessidades de uma comunidade diversificada. Read More →

A via para os preprints (Parte 1): Introdução ao Open Preprint Systems [Publicado originalmente no site do PKP em fevereiro/2020]

Nossa história começa em fevereiro de 2017 quando o SciELO anunciou sua busca por um Servidor de Preprint. Como muitos em 2016, o SciELO estava adotando a ideia de que preprints poderiam e serviriam como uma parte importante em sua estratégia de ciência aberta. No entanto, apesar de uma visão clara e do caminho para chegar lá, faltava ao SciELO uma peça importante: infraestrutura. Read More →

Declaração da Sorbonne sobre os Direitos de Dados de Pesquisa [Publicado originalmente no site da LERU em janeiro/2020]

A abertura dos dados de pesquisa é uma das práticas da ciência aberta que se globaliza progressivamente. Em novembro de 2019 foi lançada a Rede de Repositórios de Dados Científicos do Estado de São Paulo formada por oito universidades e instituições de pesquisa. Em janeiro de 2020 dirigentes de oito redes de universidades reunidos no International Research Data Rights Summit na Sorbonne Université assinaram a Declaração da Sorbonne sobre os Direitos de Dados de Pesquisa, que é reproduzida neste post em português e na versão original em inglês. Read More →