Tag: Acesso Aberto

O amanhã dos periódicos SciELO será discutido por grupos de trabalho na Reunião da Rede SciELO da Semana SciELO 20 Anos

A Semana SciELO 20 Anos se projeta como um fórum global de discussão do estado atual dos periódicos, os avanços e desafios relacionados à transição para o modus operandi da ciência aberta. Evento chave da semana, a Reunião da Rede SciELO se realizará por meio de grupos de trabalho de editores, pesquisadores e profissionais de informação e comunicação científica que abordarão a relevância dos periódicos SciELO e as linhas prioritárias de ação para os próximos 3 a 5 anos que orientarão a transição a ciência aberta. Read More →

A Fiocruz frente ao desafio da Ciência Aberta em prol do Desenvolvimento e da Saúde Pública

A grande mobilização dos países em torno da Ciência Aberta se expressa no desenvolvimento de infraestruturas, Planos de Gestão de Dados, capacitação e métricas de avaliação e recompensa. Enquanto novo paradigma, a Ciência Aberta deve focar nos interesses e benefícios para a sociedade, além dos avanços no conhecimento. No campo da saúde, a abertura de dados de pesquisa pode promover uma ciência mais ágil na solução de problemas, na formulação de políticas públicas baseadas em evidências e na participação do cidadão como produtor de conhecimento. Read More →

SciELO lança nova interface de operação das coleções

A nova interface de operação das coleções nacionais e temáticas da Rede SciELO oferece experiência visual contemporânea e se caracteriza pela rapidez de resposta. O desenvolvimento da interface fez uso de tecnologias de programação, processamento e integração eficientes, flexíveis e de alta segurança. A nova interface está em operação experimental com a coleção temática SciELO Saúde Pública desde novembro de 2017. Em 2019 todas as coleções da Rede SciELO estarão operando com a nova interface. O lançamento da interface é parte das comemorações dos 20 anos do Programa SciELO. Read More →

Os artigos dos periódicos SciELO nas plataformas de Ciência Aberta da Comissão Europeia

A plataforma tecnológica do SciELO foi atualizada no início de 2018 para permitir a integração dos artigos dos periódicos SciELO nas fontes de informação dos projetos OpenAire e OpenMinTED da Comissão Europeia. O OpenAire opera um repositório de textos e dados de pesquisa e serve de apoio aos mandatos de acesso aberto e de dados de pesquisa abertos da comunidade europeia. O projeto OpenMinTED promove o desenvolvimento de uma plataforma de mineração de textos completos e de dados de pesquisa. A participação dos artigos SciELO nestas plataformas contribuirá para ampliar a visibilidade e uso dos resultados das pesquisas que comunicam. Read More →

Sobre as vinte e duas definições de revisão por pares aberta… e mais

A Revisão por Pares Aberta é uma das pedras fundamentais da agenda da Ciência Aberta (Open Science), ao lado do Acesso Aberto, Dados Abertos e as Revisões Abertas (Open Access, Open Data and Open Peer Review). Entretanto, a proposta produz diferentes reações e atitudes entre editores, autores, pareceristas e publishers e isso se soma às iniciativas dos servidores de preprints. Read More →

Conferência SciELO 20 Anos – um fórum inovador e participativo sobre o futuro da comunicação científica

A celebração dos 20 anos do SciELO em 2018 culminará com a Reunião da Rede SciELO e a Conferência SciELO 20 Anos, na semana de 24 a 28 de setembro. A reunião da rede abordará as atualizações do Modelo SciELO de Publicação e as linhas prioritárias de ação para os próximos anos. A Conferência SciELO 20 Anos debaterá 12 temas contemporâneos da comunicação científica. Cada um dos temas será desenvolvido sob a coordenação de um comité científico que reunirá bibliografias, entrevistas, posts e artigos que orientarão os debates na Conferência 20 Anos. Read More →

Radiografia da publicação acadêmica em acesso aberto e seus indicadores bibliométricos

Como a publicação em acesso aberto evolui através do tempo? É verdade que artigos em acesso aberto são mais citados? O acesso aberto aumenta devido à mandatos institucionais ou de governos ou por iniciativa dos próprios autores? Para responder a estas e outras questões, a National Science Foundation dos Estados Unidos encomendou à Science-Metrix um detalhado estudo sobre a publicação acadêmica em acesso aberto, considerando a via dourada e a via verde, a influência das disciplinas e o comportamento nos países líderes em pesquisa ao longo da última década. Conheça aqui os resultados. Read More →

Declaração de Sant Joan d’Alacant em defesa do Acesso Aberto às publicações científicas, do grupo de editores de revistas espanholas em ciências da saúde (GERECS)

Alinhado com a Plataforma Política Europeia de Ciência Aberta e outras declarações, o grupo de editores de periódicos espanhóis de ciências da saúde, no seu encontro de novembro de 2017, emitiu a Declaração de Sant Joan d’Alacant em prol do Acesso Aberto. Read More →

Os Critérios de indexação do SciELO alinham-se com a comunicação na ciência aberta

Os novos Critérios SciELO Brasil estão alinhados com as boas práticas da comunicação na ciência aberta. Passam a valer a partir de janeiro de 2018 e projetam uma nova etapa de aperfeiçoamento da comunicação científica do Brasil que deverá estender-se progressivamente para os demais países da Rede SciELO. O avanço para a ciência aberta tem como características o reposicionamento dos principais atores da comunicação científica: autores, periódicos e agências de fomento. Read More →

Sobre assinaturas e Taxas de Processamento de Artigos

Taxas de processamento de artigos (Article Processing Charges, APCs) – apesar de enfrentar críticas – têm certas vantagens em relação a assinaturas. Eles tornam possível o acesso aberto imediato, mas também permitem que outras desvantagens de assinaturas sejam evitadas, como orçamentos de páginas fixas. O que as APCs não conseguiram fazer é reduzir o fardo financeiro da comunicação científica na comunidade de pesquisa, como muitos defensores de acesso aberto haviam desejado e esperado. Uma solução pode ser encontrada – mesmo que apenas parcial – na provisão de preprints regularmente. Read More →

Livros em acesso aberto são mais baixados, citados e mencionados do que livros não em acesso aberto [Publicado originalmente no blog LSE Impact of Social Sciences em Novembro/2017]

Foi observado que artigos de periódicos em acesso aberto, até certo ponto, são mais baixados e citados do que artigos que não são AA. Mas seria o mesmo válido para livros? Carrie Calder relata pesquisas recentes sobre como o acesso aberto afeta o uso de livros acadêmicos, incluindo os achados de que os livros AA são, em média, baixados sete vezes mais, citados 50% mais e mencionados on-line dez vezes mais. Uma série de entrevistas revelam que os autores estão optando por rotas de acesso aberto para publicar seus livros não apenas em favor de divulgação mais ampla e acesso fácil, mas também por razões éticas. Read More →

Artigos antigos de periódicos também precisam ser abertos

Grande parte do esforço em promover o acesso aberto à artigos de periódicos acadêmicos visa o material atual, e os artigos mais antigos correm o risco de ser praticamente ignorados. Embora os artigos mais recentes geralmente representem o maior número de downloads e utilizações, os artigos mais antigos não são menos importantes para a ciência. O acesso aberto, incluindo possibilidades de reutilização, também deve ser aplicado a eles. Read More →

A vez dos periódicos de qualidade do Brasil

Políticas, programas e projetos de pesquisa deverão alavancar os periódicos do Brasil e permitirão ampliar o reconhecimento e a qualificação da ciência brasileira em suas dimensões científica e social, além do clássico ranqueamento bibliométrico dos periódicos que influenciam pesquisadores, instituições acadêmicas, periódicos e agências de pesquisa. Read More →

Aos 50 anos a BIREME está face a face com a nova biblioteconomia

​A perspectiva de acesso equitativo à informação científica em saúde que fundamentou há 20 anos a criação e desenvolvimento da Biblioteca Virtual em Saúde vem se tornando realidade. Entretanto, no aniversário de 50 anos da BIREME, o escopo e as funções da biblioteconomia e das ciências da informação se veem tão tensionadas como há duas décadas pelo avanço da ciência aberta e a consecução dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Read More →

Texture – um editor de manuscritos científicos aberto [Publicado originalmente no periódico eLife em Julho/2017]

O projeto Substance lançou em 24 de julho de 2017 a versão Alpha 3 do editor Texture que lê e produz arquivos em XML de acordo com o padrão Journal Article Tag Suite (JATS), utilizado pelo SciELO para a estruturação dos textos científicos. Trata-se de um passo importante rumo a uma solução completa para editar artigos JATS e sua aplicação nos fluxos de trabalho de publicação. Read More →