SciELO Livros 10 Anos: Entrevista com o diretor da Fundação OAPEN e codiretor da Fundação DOAB, Niels Stern

Por Abel Packer e Amanda Ramalho

O SciELO Livros comemora dez anos de operação centrado no desenvolvimento de infraestruturas e capacidades de publicação de livros acadêmicos em formato digital de acordo com o estado da arte.

Como parte do evento de comemoração dos dez anos, que se propõe como foro para reconhecimento dos avanços e dos desafios e principalmente de debate sobre o futuro do livro digital à luz do acesso aberto e da ciência aberta, estamos publicando entrevistas com palestrantes do evento e autoridades de instituições diretamente ligadas ao desenvolvimento do SciELO.

Damos continuidade a esta série de entrevistas com Niels Stern, diretor da Fundação OAPEN e codiretor da Fundação DOAB.

1. [SciELO Livros] Em mais de 15 anos de experiência notável com publicação acadêmica e acesso aberto, como você vê a evolução do acesso aberto a livros?

[NIELS STERN] Acho que vimos um desenvolvimento muito empolgante nos últimos dois anos. Políticas importantes para livros foram lançadas (por exemplo, Comissão Europeia, UKRI, cOAlition S). Temos visto muitos novos publishers – especialmente da América Latina – unindo-se ao Directory of Open Access Books (DOAB), várias editoras acadêmicas experimentaram modelos de negócios alternativos ao modelo baseado em BPC (Book Processing Charges, taxas de processamento de livros) e muitas bibliotecas apoiaram a publicação de livros em Acesso Aberto (AA) com contribuições financeiras. Também vimos o interesse global em nosso OA Books Toolkit, que revela que o tópico é cada vez mais relevante para autores, bibliotecas, instituições de pesquisa, publishers, financiadores etc. Isso também foi testemunhado por meio do engajamento fornecido pela OA Books Network. Embora AA para livros por muitos anos tenha sido um tópico bastante marginalizado, acho que é possível afirmar que agora se tornou um tópico relevante.

2. [SciELO Books] Em sua opinião, quais são os principais desafios que o livro acadêmico enfrenta?

[NS] As coisas que eu amo sobre livros, livros impressos, como a aparência, o cheiro, o tato, a estética de livros bem desenhados e assim por diante estão, eu acredito, infelizmente, também entre os desafios do livro acadêmico. Os estudiosos continuarão a escrever livros porque a monografia de pesquisa – o argumento de forma longa – continua a ser uma maneira importante de desenvolver muitas disciplinas acadêmicas, especialmente nas ciências sociais e humanas (CSH). No entanto, a obsessão com o livro impresso que você pode colocar na prateleira ou dar a seu colega ou sua sogra por muito tempo conteve a inovação digital do livro e, em certa medida, colocou em risco a transição das CSH para a ciência aberta.

Claro, o livro impresso não é o único responsável por isso, mas aponta para certas tradições em uma economia de prestígio conservadora em muitas universidades que eu acho que podem estar desafiando o livro acadêmico a longo prazo. Acho que a maioria dos atores envolvidos na publicação de livros acadêmicos tem ideias arraigadas sobre o livro que devemos tentar articular de forma acionável. Ainda há algo de enigmático nos livros, que acho que em parte me levou a publicar há muito tempo, algo que deveria ser preservado, mas sem atrapalhar a inovação e a ciência aberta.

3. [SciELO Livros] O DOAB foi criado em 2012, mesmo ano do SciELO Livros, e também completa dez anos de experiência. Como você avalia o sucesso do DOAB nestes anos e qual é o principal papel da fundação hoje?

[NS] Enquanto a OAPEN Library (2010) hospeda, distribui e preserva livros revisados pelos pares para publishers, gerencia coleções para financiadores de pesquisas e traz tudo isso para as bibliotecas, o DOAB foi criado pela OAPEN (Online Library and Publication Platform) em 2012 para oferecer às bibliotecas um diretório de livros AA inspirados no que o Directory of Open Access Journals (DOAJ) faz pelos periódicos. Em 2019, o DOAB foi estabelecido como uma entidade legal (fundação holandesa sem fins lucrativos) em seu próprio direito de propriedade da OpenEdition (Aix-Marseille University e CNRS) e da OAPEN. Ele ainda é operado pelo OAPEN e roda no mesmo software de repositório de código aberto que a OAPEN (DSpace 6). Hoje, o DOAB indexa mais de 50.000 livros AA avaliados por pares de mais de 550 editoras.

Há cinco anos, o número de livros no DOAB era inferior a 10.000 e os primeiros cinco anos tiveram um aumento muito lento. Então, acho que agora começamos a ver o potencial do DOAB como um hub global para livros AA conectando editoras à bibliotecas. Embora tenhamos visto grandes desenvolvimentos em nosso alcance global – principalmente devido ao fantástico suporte do SciELO Livros, que se tornou uma plataforma acreditada do DOAB em 2021 – ainda há um longo caminho a percorrer para reivindicar o sucesso real. Acho que nosso papel é ser um diretório verdadeiramente global para livros AA e, portanto, estamos explorando como isso pode ser feito da melhor maneira. Acho que nossa colaboração com o SciELO Livros é um sucesso com o qual podemos aprender, mas ainda temos recursos humanos muito limitados para realmente expandir. No entanto, gostaríamos muito de receber editoras da África e da Ásia que publicam livros acadêmicos de acesso aberto revisados pelos pares, mas que exigem colaboração com atores locais para o processo de inscrição que requer algum gerenciamento central. Continuamos nos inspirando no trabalho do DOAJ, mas ainda não temos financiamento suficiente para expandir.

4. [SciELO Livros] Quais são as perspectivas e expectativas futuras do DOAB com o acesso aberto aos livros?

[NS] Além do que mencionamos acima e nosso esforço contínuo para fazer com que o maior número possível de livros AA revisados pelos pares possam ser descobertos em nosso diretório, também estamos buscando aumentar a confiança em torno dos livros AA. Uma nova iniciativa neste sentido é um serviço denominado Peer Review Information Service for Monographs (PRISM). Este serviço permite que os publishers forneçam informação sobre o processo de avaliação por pares de seus livros de maneira padronizada. A informação fornecida será exibida como um rótulo com hiperlink anexado ao livro (exemplo) e à editora (exemplo). Ainda estamos testando o serviço, mas começaremos a integrar as editoras em setembro deste ano. É um primeiro passo para construir mais confiança em torno dos livros AA por meio da transparência. Para nos ajudar neste processo, tivemos a sorte de poder estabelecer um Comitê Científico integrado por especialistas na área de todo o mundo. Estamos realmente empolgados com esta iniciativa e até agora tivemos um bom feedback de editoras e bibliotecas.
Nossas expectativas são claramente de que veremos a área de livros AA continuar acelerando. Acho que temos um papel importante a desempenhar neste desenvolvimento. Em primeiro lugar, é fundamental que continuemos a ser uma infraestrutura aberta. Todos os metadados do DOAB estão disponíveis gratuitamente para ser usados por qualquer pessoa (CC0), não é necessário registro para usar o serviço (os feeds de metadados, a API etc.) e o serviço também é gratuito para as editoras. Como somos uma fundação holandesa sem fins lucrativos, não podemos ser adquiridos e, portanto, permaneceremos abertos enquanto formos apoiados pela comunidade. Especialmente, o apoio financeiro que recebemos das bibliotecas é vital para a nossa existência continuada. Tivemos a sorte de receber apoio de bibliotecas e consórcios e esperamos que este apoio se mantenha. Se quisermos crescer e nos tornarmos mais globais, precisamos de mais apoio. Trabalhamos em estreita colaboração com a nossa comunidade de apoio às bibliotecas (reunião anual, grupos de trabalho, boletins informativos etc.) e adoraríamos ver esta comunidade crescer, pois isso nos ajudaria a concretizar nossas perspectivas futuras.

O evento de comemoração dos dez anos do SciELO Livros acontecerá no dia 31 de março 2022, a partir das 9:00 BRT. Faça sua inscrição gratuita e veja o programa do evento em: https://books10.scielo.org/.

 

Referências

HUGHES, A. and STUBB, N. (ed.) A Player and a Gentleman: The Diary of Harry Watkins, Nineteenth-Century U.S. American Actor. Ann Arbor: University of Michigan Press, 2018. http://doi.org/10.3998/mpub.9290953. Available from: https://directory.doabooks.org/handle/20.500.12854/69568

 

Links externos

Accueil | Aix-Marseille Université: https://www.univ-amu.fr/en

Centre national de la recherche scientifique: https://www.cnrs.fr/en

cOAlition S statement on Open Access for academic books | Plan S: https://www.coalition-s.org/coalition-s-statement-on-open-access-for-academic-books/

Directory of Open Access Journals – DOAJ: https://doaj.org/

DOAB Trusted Platform Network | Directory of Open Access Books: https://doabooks.org/en/publishers/doab-trusted-platform-network

Horizon Europe | European Commission: https://ec.europa.eu/info/research-and-innovation/funding/funding-opportunities/funding-programmes-and-open-calls/horizon-europe_en

OA Books Toolkit: https://oabooks-toolkit.org/

Online Library and Publication Platform | Directory of Open Access Books: https://doabooks.org/

Online library and publication platform | OAPEN: https://oapen.org/

Open Access Books Network: https://openaccessbooksnetwork.hcommons.org/

OpenEdition: https://www.openedition.org/

PRISM: Peer Review Information Service for Monographs | Directory of Open Access Books: https://doabooks.org/en/publishers/prism

SciELO Livos 10 Anos: https://books10.scielo.org/

SciELO Livros: https://books.scielo.org/

UKRI open access policy – UKRI: https://www.ukri.org/publications/ukri-open-access-policy/

University of Michigan Press| Directory of Open Access Books: https://directory.doabooks.org/handle/20.500.12854/25332

 

Traduzido do original em inglês por Lilian Nassi-Calò.

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

PACKER, A.L. and RAMALHO, A. SciELO Livros 10 Anos: Entrevista com o diretor da Fundação OAPEN e codiretor da Fundação DOAB, Niels Stern [online]. SciELO em Perspectiva, 2022 [viewed ]. Available from: https://blog.scielo.org/blog/2022/03/25/scielo-livros-10-anos-entrevista-com-o-diretor-da-fundacao-oapen-e-codiretor-da-fundacao-doab-niels-stern/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Post Navigation