Tag: Avaliação Da Ciência

Comentários sobre autoria de conveniência [Publicado originalmente no editorial do vol. 93 no. 3 nos Anais da Academia Brasileira de Ciências]

Uma das consequências desta pandemia é o aumento da submissão de artigos científicos, o que tem levantado preocupações quanto à sua qualidade. Junto com isso, vêm as questões de autoria, como a autoria de conveniência, que também deve aparecer no radar dos Editores, em função das potenciais consequências deletérias que podem afetar a nova geração de cientistas. Read More →

Equidade de sexo e gênero na pesquisa e na publicação

Em 8 de junho de 2021, a ABEC Brasil promoveu, com o apoio do Programa SciELO, o webinário “Equidade de sexo e gênero na pesquisa e na publicação”. Ministrado pela Dra. Shirin Heidari, fundadora do Comitê de Políticas de Gênero da EASE, autora principal das diretrizes SAGER e Presidente fundadora da GENDRO, o webinário discutiu, dentre outras questões, porque sexo e gênero importam na pesquisa e no relato dos resultados e o que editores, revisores e autores podem fazer para melhorar o relato sensível ao gênero. Read More →

O papel dos artigos de revisão vai além de sintetizar o conhecimento atual sobre um tema de pesquisa

Artigos de revisão, ademais de contribuir para manter atualizados os pesquisadores em temas específicos, exercem um papel importante na curadoria dos trabalhos acadêmicos e podem influenciar, por meio de padrões de citação, temas emergentes de pesquisa. Read More →

Uma perspectiva sobre aspectos éticos e regulatórios sobre a pesquisa em seres humanos na pandemia de COVID-19

O último dia do ano de 2019 marcou o início oficial de uma grande mudança no planeta, que “… virou o mundo de cabeça para baixo. Tudo foi impactado…” No âmbito da produção científica na pandemia de COVID-19, a pesquisa envolvendo seres humanos ganhou um espaço destacado, com maior exposição de sua relevância e dos desafios éticos que se estabelecem na interface ciência e sociedade, que vem sendo profundamente impactada pela pandemia. Read More →

Conteúdo antecipado e a nova política do Fator de Impacto da Web of Science

Recentemente, o Journal Citation Reports incorporou os documentos de acesso antecipado (early reports) à indexação, por isso, os fatores de impacto estão sendo modificados. Esta nova metodologia de cálculo terá efeitos de reordenamento dos rankings de periódicos, com implicações importantes na sua avaliação acadêmica. Surgiram questionamentos e críticas. Read More →

Rigor científico e ciência aberta: desafios éticos e metodológicos na pesquisa qualitativa

A literatura descreve críticas recorrentes à confiabilidade da pesquisa qualitativa, que incluem alegações de pouco rigor e clareza metodológica. No sistema de publicações, vêm sendo marcantes as ações que refletem essa maior atenção ao rigor. No âmbito do financiamento da pesquisa, também são notadas iniciativas de grandes agências, como a National Science Foundation (NSF) dos Estados Unidos, para promover estratégias para aumentar o rigor e a transparência no relato de resultados da pesquisa qualitativa. Oferecemos aqui um breve panorama, permeado por transformações que incluem iniciativas crescentes sobre a ciência aberta. Exploramos algumas questões suscitadas por essa discussão atual sobre rigor científico, não só em publicações, mas também na proposição de projetos de pesquisa qualitativa. Read More →

Em direção a uma Ciência do Solo mais aberta

A maior parte dos dados resultantes das pesquisas realizadas no Brasil ainda não está disponível em repositórios de acesso aberto. Aqui, conclamamos aos cientistas do solo a adotar uma postura mais aberta em relação aos dados de pesquisa na área, visando aumentar a sustentabilidade da ciência e fomentar a colaboração científica. Read More →

Bibliometria: a nova ameaça para taxonomia zoológica?

Um dos fundamentos das ciências da vida, a taxonomia – a ciência da biodiversidade – sofre de múltiplos impedimentos, inclusive o uso de índices bibliométricos por organizações. Hoje em dia, estes índices desempenham um papel chave nas decisões científicas. No entanto, o que as empresas com fins lucrativos, proprietárias destas plataformas bibliométricas, têm a ver com ciência? Read More →

O caminho para os ensaios de reprodutibilidade passa pelos Relatos Registrados

A necessidade de reproduzir resultados de pesquisa em nome da transparência e credibilidade da ciência passa por inúmeros desafios. Um artigo publicado pela Nature indica que, para obter melhores resultados dos ensaios de reprodutibilidade, é importante estabelecer protocolos de comum acordo com os autores do estudo original e alinhar expectativas. Os Relatos Registrados, submetidos à avaliação por pares antes da etapa experimental do estudo, se apresentam como uma solução promissora para ensaios de reprodutibilidade bem sucedidos. Read More →

JCR, Kafka e MAI!

Pela segunda vez, os Anais da Academia Brasileira de Ciências foram surpreendidos ao descobrir que cerca de um quarto dos artigos de um número desapareceram da plataforma Jornal Citation Reports, um problema que deveria receber a atenção da indústria da publicação e avaliação. Algumas formas objetivas de avaliar a performance de volumes ou áreas específicas em um periódico são apresentadas. Read More →

Por que a reforma da comunicação científica parece tão difícil e lenta?

O mundo enfrenta problemas globais para os quais a ciência é necessária como parte da solução. No entanto, o sistema de comunicação científica não é remotamente tão rápido e aberto quanto necessário para uma colaboração mundial eficiente. Os poderes que estão em posição de reformar o sistema são muito tímidos. Crises como a COVID-19 poderão despertá-los? Read More →

Avaliação por pares não é apenas controle de qualidade, é parte integrante da infraestrutura social da pesquisa [Publicado originalmente no LSE Impact Blog em junho/2019]

O objetivo da avaliação por pares geralmente é retratado como um simples teste “objetivo” da solidez ou qualidade de um trabalho de pesquisa. No entanto, ela também desempenha outras funções, principalmente vinculando e desenvolvendo relacionamentos entre redes de pesquisadores. Neste post, Flaminio Squazzoni explora estas interconexões e argumenta que entender a avaliação por pares simplesmente como um exercício de controle de qualidade é permanecer cego às suas dimensões históricas, políticas e sociais. Read More →

Trabalhando de acordo com a regras – Como os objetivos bibliométricos distorceram a pesquisa italiana [Publicado originalmente no LSE Impact Blog em novembro/2019]

Como afirma a lei de Goodhart: “quando uma medida se torna um objetivo, ela deixa de ser uma boa medida”. O uso da bibliometria para medir e avaliar pesquisadores se tornou cada vez mais comum, mas a implementação destas políticas desvaloriza as métricas em que se baseiam? Alberto Baccini, Giuseppe De Nicolao e Eugenio Petrovich apresentam evidências de um estudo de pesquisadores italianos que revelam como a introdução de objetivos bibliométricos na academia italiana mudou a maneira como os acadêmicos italianos citam e usam o trabalho de seus colegas. Read More →

Um olhar sobre a avaliação por pares de propostas de auxílio à pesquisa

A plataforma Publons de registro da atividade acadêmica de avaliação por pares lançou o Grant Review in Focus (Avaliação de Auxílio à Pesquisa em Foco) sobre a avaliação e identificação de projetos para receber financiamento. Foram entrevistados 4.700 pesquisadores além de dados extraídos do Web of Science. Read More →

Google Acadêmico, Web of Science ou Scopus, qual nos dá melhor cobertura de indexação?

Uma análise recente da cobertura de indexação das bases de dados Google Acadêmico, Web of Science e Scopus mostra que valores mais altos nem sempre significam maior qualidade ou melhor indexação, uma vez que a inclusão de mais documentos de menor qualidade ou impacto pode refletir em outras facetas da análise e, dependendo do tipo de avaliação, deve ser necessário eliminar certos tipos de documentos da contagem de citações. Read More →