Author: Scielo

Conclusões da conferência internacional sobre Comunicação Científica Aberta promovida pelo EKT [Publicado originalmente no site do EKT em Julho/2018]

A conferência, organizada pelo National Documentation Centre (EKT) em cooperação com a rede OPERAS, foi direcionada às organizações que promovem a Comunicação Científica Aberta e Ciência Aberta, com foco nas Ciências Sociais e Humanas. Read More →

Em direção ao acesso aberto universal? Por que precisamos de bibliodiversidade em vez de uma “bala de prata”

O atual debate sobre o acesso aberto é muitas vezes baseado em generalizações indevidas que defendem modelos “bala de prata” para inverter globalmente o sistema de comunicação científica. Esta abordagem é falha, pois não leva em conta a diversidade de práticas de comunicação entre as diferentes disciplinas e países. Read More →

Resenha do livro Bit by Bit: Social Research in the Digital Age por Matthew J. Salganik [Publicado originalmente no blog LSE Impact of Social Sciences em Julho/2018]

Em Bit by Bit: Social Research in the Digital Age (Bit por Bit: Pesquisa Social na Era Digital), Matthew J. Salganik explora o processo de realizar pesquisa social na era digital, examinando uma ampla gama de conceitos, ao mesmo tempo em que oferece atividades e materiais de ensino. Ao reunir a expertise de cientistas sociais e de dados para o benefício de ambos, trata-se uma visão abrangente sobre novas abordagens para a pesquisa social em nosso tempo, recomenda Marziyeh Ebrahimi. Read More →

O papel crítico do DOI

Descubra porque os links de URL para artigos de pesquisa são frágeis e como os DOIs são essenciais na criação de links estáveis e persistentes para objetos de pesquisa. Isso é obtido através dos metadados que os membros depositam no Crossref como parte de suas obrigações. Saiba como todos nós podemos contribuir para criar um registro de pesquisa global e robusto. Read More →

SciELO 20 Anos e o futuro dos periódicos: opine, comente, questione

O SciELO está promovendo o alinhamento dos periódicos com as boas práticas da ciência aberta com a participação proativa de todos os atores da Rede SciELO, em especial dos editores e responsáveis dos periódicos por meio de um processo de acúmulo de conhecimento que permita conciliar as condições e prioridades nacionais de pesquisa e dos periódicos com o estado da arte internacional. Participe das análises e debates sobre a relevância dos periódicos SciELO e do seu futuro na Semana SciELO 20 Anos, 24 a 28 de setembro. Read More →

Presença e impacto dos periódicos na web social: Rumo ao fator de impacto de mídias sociais

A prática rotineira de avaliação do fator de impacto dos periódicos para determinar onde submeter um manuscrito tem sido reconsiderada em detrimento do impacto social do periódico na relação que o periódico estabelece com a comunidade científica e com o público. Métricas de mídias sociais atuam nesse sentido na aferição do social media impact fator de um periódico e podem auxiliar na gestão da presença web em perfis online que os periódicos mantêm em mídias como Twitter e Facebook. Read More →

Interface ciência-público em tempos de correção da literatura científica: Questões éticas contemporâneas

O processo de correção da literatura científica torna-se cada vez mais acelerado e reflete, dentre vários fatores, um maior escrutínio das editoras científicas. Diferente do que acontecia há cerca de duas décadas, quando a retratação de um artigo era rara, hoje ela vem se integrando à cultura editorial. Nesse contexto, a forma com que esse processo de correção se articula com o fluxo de notícias sobre ciência merece atenção. Na interface ciência-público, as retratações ampliam os espaços para fortalecer a compreensão pública sobre a ciência e seus mecanismos de autorregulação. Como ampliar esse espaço é uma das discussões éticas do nosso tempo. Read More →

As razões porque o Crossref existe e persiste

No mundo atual, o trabalho de um autor precisa de um Digital Object Identifier (DOI, Identificador de Objeto Digital) para se tornar localizável, citável e vinculável. Esta sequência alfanumérica única identifica o conteúdo de um trabalho de pesquisa e permanece associada a ele, independentemente de alterações em sua localização na web. Descubra aqui as origens do DOI, como o Crossref foi fundado, e por que eles continuam a existir e persistir. Read More →

Geo for All – Princípios Abertos em GeoEducação e Ciência

A essência da missão Geo for All é a crença de que o conhecimento é um bem público e os Princípios Abertos na Educação proporcionarão grandes oportunidades para todos. Os principais ingredientes que tornam a Ciência Geoespacial Aberta possível estão legitimados nos Princípios Abertos, ou seja: software geoespacial de código aberto, dados abertos, padrões abertos, recursos educacionais abertos e acesso aberto à publicações de pesquisa. Read More →

Quanto tempo leva para fazer ciência? A emergência do tempo na comunicação científica

A comunicação científica tem sofrido grandes transformações nas últimas duas décadas, sobretudo em função da popularização de novas tecnologias de informação, que impõem um novo regime de tempo e de velocidade na editoração científica. Porém, estas mudanças não são apenas respostas aos avanços tecnológicos. Trata-se de questões mais complexas relacionadas à reconfiguração do trabalho acadêmico e mudanças sobre o paradigma da comunicação e as dificuldades e desafios enfrentados pelos editores e pesquisadores sobre a gestão do tempo. Read More →

Gestão de Dados Científicos – da coleta à preservação

A gestão adequada dos dados usados em pesquisas científicas tornou-se parte obrigatória das boas práticas de pesquisa. A era da Ciência Aberta vem revolucionando a metodologia científica, motivando o surgimento de novas linhas de pesquisa em todas as áreas do conhecimento. O post descreve alguns desafios desta gestão do ponto de vista computacional. Read More →

O amanhã dos periódicos SciELO será discutido por grupos de trabalho na Reunião da Rede SciELO da Semana SciELO 20 Anos

A Semana SciELO 20 Anos se projeta como um fórum global de discussão do estado atual dos periódicos, os avanços e desafios relacionados à transição para o modus operandi da ciência aberta. Evento chave da semana, a Reunião da Rede SciELO se realizará por meio de grupos de trabalho de editores, pesquisadores e profissionais de informação e comunicação científica que abordarão a relevância dos periódicos SciELO e as linhas prioritárias de ação para os próximos 3 a 5 anos que orientarão a transição a ciência aberta. Read More →

A Fiocruz frente ao desafio da Ciência Aberta em prol do Desenvolvimento e da Saúde Pública

A grande mobilização dos países em torno da Ciência Aberta se expressa no desenvolvimento de infraestruturas, Planos de Gestão de Dados, capacitação e métricas de avaliação e recompensa. Enquanto novo paradigma, a Ciência Aberta deve focar nos interesses e benefícios para a sociedade, além dos avanços no conhecimento. No campo da saúde, a abertura de dados de pesquisa pode promover uma ciência mais ágil na solução de problemas, na formulação de políticas públicas baseadas em evidências e na participação do cidadão como produtor de conhecimento. Read More →

Identificadores e Pesquisa: Fundamentos e Planos do ORCID – Entrevista com Laure Haak

O Brasil está promovendo um avanço notável na adoção do identificador de pesquisadores ORCID com a formação do Consorcio Consórcio Brasileiro ORCID liderado pela CAPES com a participação de várias organizações entre as quais o SciELO. Todos os periódicos SciELO Brasil publicarão os artigos com o ORCID dos autores a partir de 2019. Entrevista com Laure Haak realça a importância do ORCID. Read More →

Perspectivas da avaliação por pares aberta: Instigante ponto de interrogação

Pesquisa analisa a viabilidade da adoção da avaliação por pares aberta por periódicos da ciência da informação. Este post apresenta a primeira etapa já concluída com foco nos editores. A segunda etapa já em andamento tem como foco avaliadores, com o fim de alcançar visão abrangente sobre a adoção da avaliação por pares aberta pelos periódicos da ciência da informação. Read More →