Author: Scielo

Preprints são um problema? Cinco formas de melhorar a qualidade e credibilidade dos preprints [Publicado originalmente no LSE Impact Blog em setembro/2020]

Preprints são relatos de pesquisa que ainda não foram avaliadores pelos pares e aceitos para publicação. Eles aumentaram rapidamente durante a pandemia de COVID-19. No entanto, estudos notórios desacreditados levaram a preocupações de que a velocidade foi priorizada em relação à qualidade e credibilidade das evidências. Joeri Tijdink, Mario Malicki, Lex Bouter e Gowri Gopalakrishna argumentam que todas as partes interessadas do sistema científico têm a responsabilidade de melhorar a qualidade e a credibilidade dos preprints. Eles descrevem cinco etapas através das quais isso pode ser alcançado. Read More →

As leis de proteção de dados se aplicam a qualquer pessoa que coleta informação sobre uma pessoa viva. Então, o que os pesquisadores em artes, humanidades e ciências sociais precisam saber? [Publicado originalmente no LSE Impact Blog em setembro/2020]

A GDPR tem implicações significativas para pesquisadores acadêmicos. A Royal Historical Society publicou recentemente um conjunto de diretrizes para ajudar os pesquisadores a navegar pelos requisitos legais em torno da proteção de dados. A Dra. Katherine Foxhall, Diretora de Pesquisa e Comunicação da Royal Historical Society, explica alguns dos principais fatores que os pesquisadores em temas de SHAPE devem estar cientes. Read More →

Bibliometria: a nova ameaça para taxonomia zoológica?

Um dos fundamentos das ciências da vida, a taxonomia – a ciência da biodiversidade – sofre de múltiplos impedimentos, inclusive o uso de índices bibliométricos por organizações. Hoje em dia, estes índices desempenham um papel chave nas decisões científicas. No entanto, o que as empresas com fins lucrativos, proprietárias destas plataformas bibliométricas, têm a ver com ciência? Read More →

Lançada a Initiative for Open Abstracts para promover a descoberta da pesquisa [Publicado originalmente em IO4A.org em setembro/2020]

A Initiative for Open Abstracts (I4OA) insta publishers acadêmicos a abrir seus resumos e, mais especificamente, a depositá-los no Crossref. A disponibilidade irrestrita de resumos impulsionará a descoberta da pesquisa. 34 publishers já concordaram em apoiar a I4OA e em disponibilizar seus resumos abertamente. A I4OA também é apoiada por diversos financiadores de pesquisa, bibliotecas e associações de bibliotecas, provedores de infraestrutura e organizações de ciência aberta. Read More →

Como reduzir o tempo de tramitação de artigos submetidos: a experiência da Revista Brasileira de Ciências Sociais

Ao mesmo tempo que o cargo de editor de um periódico científico é interessante e gratificante, porque nos coloca em contato com o pulso da produção acadêmica, ele também traz muitos desafios. É necessário dar uma cara ao periódico, garantir a qualidade das publicações, encontrar pareceristas dispostos a trabalhar gratuitamente e anonimamente e garantir a sobrevivência financeira do periódico. Esse post trata de apenas um dos desafios: garantir certa celeridade na resposta aos autores sobre os textos submetidos. Read More →

Rede SciELO e acessibilidade: ênfase sobre as políticas, produtos e serviços

Ciência aberta e acesso aberto não são sinônimos de acessibilidade. Assim, as políticas e diretrizes do Modelo de Publicação da Rede SciELO, com a cooperação dos editores de periódicos e das pessoas com deficiências, serão revisadas gradativamente no que tange às normas de submissão, às estruturas e ao conteúdo dos artigos científicos. Read More →

Bibliodiversidade – O que é e por que é essencial para criar conhecimento situado [Publicado originalmente no LSE Impact Blog em dezembro/2019]

Comunidades acadêmicas vibrantes são sustentadas por publicações que permitem aos pesquisadores se dirigir a diversos públicos. Apesar de que muitas vezes a atenção está voltada para a publicação internacional, grande parte deste trabalho é apoiado por publicações que se dirigem ao público nacional e regional em seus próprios idiomas. Neste post, Elea Giménez Toledo, Emanuel Kulczycki, Janne Pölönen e Gunnar Sivertsen explicam a importância da bibliodiversidade para sustentar os ecossistemas do conhecimento e argumentam que a bibliodiversidade é essencial para garantir que a transição ao livro aberto no futuro continue a apoiar a criação de conhecimento situado. Read More →

Entrevista e Homenagem a Charles Pessanha [Publicado originalmente no blog da DADOS em janeiro/2020]

Charles Pessanha não é apenas um nome central na história de DADOS, periódico que ele editorou por mais de três décadas e ainda ajuda a editorar, mas também de todo o mundo da editoração científica brasileira. Em 2019, nosso ex-editor-chefe e ativo editor emérito foi duplamente homenageado, primeiro com o “Prêmio da ANPOCS de Excelência Acadêmica em Ciência Política” e, segundo, com uma entrevista para a equipe organizadora das celebrações dos 50 anos da pós-graduação do IESP-UERJ, onde Charles trabalhou e fez seu mestrado. A seguir, o vídeo da entrevista em que ele fala de sua história pessoal, da vida como editor, do nascimento do SciELO e dos desafios atuais para as ciências sociais brasileiras. Read More →

A reutilização de dados qualitativos é um campo subestimado da inovação e da criação de novos conhecimentos nas ciências sociais [Publicado originalmente no LSE Impact Blog em junho/2020]

O valor e o potencial da reutilização de dados e a metodologia associada de análise secundária qualitativa (qualitative secondary analysis, QSA) são frequentemente desconsiderados. A Dra. Anna Tarrant e a Dra. Kahryn Hughes propõem que, como a COVID-19 limita as oportunidades de pesquisa qualitativa em um futuro próximo, agora, mais do que nunca, as ciências sociais precisam considerar a subutilização dos dados qualitativos existentes. Read More →

Pode o uso público da razão combater a desinformação em torno à pandemia de COVID-19?

Discute as dinâmicas informacionais em torno da pandemia de COVID-19, com ênfase nas manifestações de desinformação ao redor da origem do vírus, da medida de distanciamento social e dos tratamentos. Destaca a importância da validação discursiva da informação, do filtro do uso público da razão, para enfrentar a desinformação. Read More →

[FIXO] Publicações COVID-19 do SciELO Preprints e periódicos da Rede SciELO

Preparamos uma lista que inclui os últimos preprints disponibilizados no SciELO Preprints e documentos mais recentes publicados pelos periódicos da Rede SciELO com a temática COVID-19. Acesse pelo SciELO Search. Read More →

SciELO atualiza os critérios de indexação. Nova versão vigora a partir de maio de 2020

Os novos critérios de indexação de periódicos da Coleção SciELO Brasil estão centrados nas boas práticas editoriais e passam a valer a partir de maio de 2020. Os critérios refletem os objetivos, princípios e funções do Programa SciELO e implementam as linhas prioritárias de ação de profissionalização, internacionalização e sustentabilidade alinhadas com o modus operandi da ciência aberta. O ajuste da política e gestão editorial é a principal ação que os periódicos deverão realizar para compatibilizar-se com os novos critérios. Read More →

“O sábio não está no palco” ou uma retrospectiva da primeira conferência NISO Plus

A primeira conferência NISO Plus foi realizada em Baltimore, EUA, de 23 a 25 de fevereiro. O evento foi centrado na comunicação científica relacionada a padrões que são de especial interesse para o SciELO e o ORCID. Idealizada para ser “uma experiência de conferência diferente para a comunidade da informação”, o evento foi caracterizado pela participação, colaboração e inclusão. A NISO Plus conseguiu evitar o formato tradicional de conferência “sábio no palco” e tratou de discussões abertas, animadas (e nerds!). Este post resume a discussão sobre padrões contemporâneos. Read More →

Cobertura de preprints de pesquisa biomédica em meio ao coronavírus: 6 coisas a saber [Originalmente publicado no Journalist’s Resource em abril/2020]

Jornalistas precisam saber esses seis detalhes para poder cobrir preprints sobre o coronavírus. Preprints são trabalhos de pesquisa que não passaram por avaliação por pares feita por especialistas. Read More →

SciELO Livros e o acesso aberto em tempos epidêmicos: Mais importante que nunca

A pandemia do COVID-19 vem explicitando o papel decisivo do acesso aberto (AA) ao conhecimento e às evidências científicas. Globalmente há uma abertura temporária de coleções de livros e periódicos comercializados para apoiar a superação da pandemia. SciELO Livros indexa, publica e dissemina uma coleção de mais de 700 livros em AA de modo permanente contribuindo no apoio às políticas públicas e profissionais, na expansão da universidade, valorização do livro acadêmico e das disciplinas que fazem uso intensivo do livro. Read More →