Post convidado – Construindo um caminho mais fácil para a publicação de livros em acesso aberto: Apoio para autores [Publicado originalmente no Scholarly Kitchen em março/2021]

Por Christina Emery

A conversa em torno de livros em acesso aberto parece ter mudado do debate sobre os benefícios para leitores e autores, para de que forma a publicação de livros em acesso aberto pode ser mais bem apoiada. Isso é particularmente importante nas Ciências Humanas e Sociais (CHS), onde a falta de financiamento é um desafio para muitos acadêmicos quando confrontados com mandatos crescentes de acesso aberto, especialmente para livros científicos, que prevalece como um formato central de publicação em CHS.

Embora encontrar modelos de negócios sustentáveis para livros de acesso aberto ainda seja um tema relevante, não é algo que será resolvido rapidamente, e requer um esforço conjunto e colaborativo de toda a comunidade. Alternativamente, este post enfoca no que é necessário para abordar as questões e desafios específicos dos autores com uma necessidade imediata ou desejo de publicar seu livro em acesso aberto.

Ao tentar entender o que os autores consideram mais desafiador – por exemplo, garantia de qualidade, modelos de financiamento ou direitos autorais – e fornecendo respostas sempre que possível, podemos permitir que mais autores de livros se beneficiem da escolha do acesso aberto. Exploramos aqui algumas destas preocupações frequentes; que tipo de suporte já está disponível para os autores; e compartilhar de que forma parte da comunidade de livros de acesso aberto se uniu para construir um recurso independente e gratuito que fornece respostas a muitas das perguntas que os autores (e outros) têm sobre livros de acesso aberto.

Um ecossistema complexo cria oportunidades, mas causa confusão

A publicação de livros em acesso aberto é um cenário complexo com diferentes rotas e modelos, à medida que publishers, bibliotecas e os próprios acadêmicos fazem experiências para encontrar a melhor maneira para que os autores publiquem seus trabalhos acadêmicos e científicos em acesso aberto. Na verdade, de acordo com o informe da Digital Science The State of Open Access Monographs,1 “[o acesso aberto] lança uma luz dura sobre como a publicação de livros acadêmicos está se saindo em sua transição para um mundo digital em rede e revela cantos empoeirados e pilhas de roupas sujas que preferíamos ter esquecido.”

Já não mais limitado aos tipos de discussão sobre acesso aberto “verde vs dourado”, além de depositar manuscritos aceitos em repositórios (com ou sem embargo), os livros podem ser liberados para leitura através de uma infinidade de modelos de publicação, incluindo a autopublicação (por exemplo, Glasstree), modelos de crowdfunding ou “subscrever a modelos abertos” (por exemplo, Unglue.it, Knowledge Unlatched, Opening the Future da CEU Press e Direct to Open da MIT Press), subsídios institucionais (por exemplo, TOME), iniciativas lideradas por acadêmicos (por exemplo, Language Science Press e Open Book Publishers) e despesas de processamento de livros cobertas pelo financiador ou instituição do autor.

Os financiadores exigem cada vez mais que os pesquisadores disponibilizem seus livros abertamente para maximizar o impacto da pesquisa que apoiam. As políticas de acesso aberto variam consideravelmente e, como resultado, os autores podem gastar um valioso tempo de pesquisa e ensino tentando navegar pelas políticas e requisitos para descobrir quais são suas opções de publicação ou o que eles precisam fazer para cumpri-las. Nem todos os autores têm a sorte de contar com o apoio de conhecimentos e recursos institucionais para ajudá-los ao longo do caminho.

Claro, existem então aqueles autores que não estão cientes do conceito de acesso aberto, ou que podem ter descoberto informação desatualizada ou incorreta sobre como o acesso aberto funciona para livros, levando a equívocos, ceticismo e oportunidades perdidas.

Quais são os desafios enfrentados pelos autores de livros?

Sabemos por meio de percepções de pesquisa que, para muitos autores, existem grandes lacunas no conhecimento quando se trata de publicação de livros em acesso aberto.

Em uma pesquisa global,2 mais de 2.500 autores de livros acadêmicos foram questionados sobre suas atitudes e consciência em relação à publicação de livros em acesso aberto. O estudo mostrou baixo nível de conhecimento, com 41% dos autores que não haviam publicado um livro em acesso aberto respondendo que não estavam muito, ou nada, familiarizados com o acesso aberto. Para entender as principais barreiras, os autores de livros de acesso aberto foram questionados sobre por qual motivo eles ainda não haviam publicado um livro de acesso aberto. As principais respostas foram: incapacidade de encontrar fundos de acesso aberto (60%), percepções de qualidade (ou seja, que os livros de acesso aberto são percebidos como de pior qualidade do que os livros de acesso não aberto – 46%) e falta de disposição de pagar taxa de publicação de acesso aberto (37%).

Os pesquisadores deram semelhante feedback em uma série de workshops realizados nas universidades de Oxford, Glasgow e Utrecht no final de 2019 e no início de 2020, antes da pandemia. Os participantes do workshop apontaram financiamento, direitos autorais e licenciamento como as áreas de incerteza mais comuns. Outras preocupações incluíram: como escolher um publisher, garantia de qualidade, quais tipos de livros podem ser publicados em acesso aberto, preservação, impacto e visibilidade.

Que apoio está disponível?

Pesquisadores e autores que contam com o apoio de recursos institucionais podem ter acesso a especialistas nos tópicos acima e, de fato, as bibliotecas e o apoio à pesquisa poderão aconselhar sobre estas importantes questões ou indicar onde buscar mais informação.

Investiguei quais recursos já existiam para os autores, como preparação para os mencionados workshops. Além da informação fornecida por publishers individuais em seus sites web, havia poucos recursos que fornecem uma visão geral holística e global da publicação de livros em acesso aberto. Alguns dos recursos dos publishers foram muito informativos, mas os participantes do workshop indicaram uma desconfiança geral na informação fornecida diretamente por alguns publishers. Além disso, os participantes sentiram que os longos documentos de orientação em PDF não eram um formato tão útil – e, de fato, é difícil mantê-los e atualizá-los. De uma longa lista de 30 recursos, os guias mais úteis para não publishers, de acordo com os participantes do workshop, foram:

No entanto, nas oficinas, os pesquisadores expressaram o desejo de um recurso centralizado, independente e atualizado. Em particular, informação clara sobre os diferentes tipos de acesso aberto e modelos de negócios, uma lista de financiamentos disponíveis e uma lista de verificação ou árvore de decisão sobre o que os autores precisam considerar em cada estágio, incluindo como escolher um publisher, foram considerados importantes.

Para atender a estas necessidades, no final do ano passado, a OAPEN, a Universidade de Glasgow e a Springer Nature lançaram o OAPEN Open Access Books Toolkit3 como um recurso gratuito para autores. Este kit de ferramentas reflete o feedback dos workshops, fornecendo às instituições e seus autores uma coleção de breves artigos informativos.

O conteúdo foi escrito de forma colaborativa para ser independente e agnóstico das partes interessadas, para ajudar os autores a entender melhor e aumentar a confiança na publicação de livros em acesso aberto. Os responsáveis pela redação do kit de ferramentas incluíram autores, publishers, equipe de apoio à pesquisa, financiadores e representantes de outras organizações relevantes.

Os tópicos incluem informação sobre acesso aberto, destruição de mitos, como escolher um publisher, disseminação e visibilidade, direitos autorais e licenciamento, financiamento, o cenário de políticas e avaliação por pares. Os três artigos mais populares até agora são: modelos de negócios para publicação de livros em acesso aberto,4 uma lista de fontes de financiamento para livros em acesso aberto5 e diferenças entre um livro em acesso aberto e um periódico em acesso aberto.6

O OAPEN Open Access Books Toolkit3 será mantido e desenvolvido pela Fundação OAPEN e seu Conselho Assessor Editorial, que representa diferentes partes interessadas de quatro continentes. Como um grupo, estamos monitorando de perto como o kit de ferramentas está sendo usado, qual conteúdo tem se mostrado valioso e onde há lacunas prováveis para desenvolvimento posterior (feedback pode ser enviado para Lotte Kruijt no OAPEN).

Agradeço aos membros fundadores Niels Stern (Diretor, OAPEN), Valerie McCutcheon (Gerente de Informação de Pesquisa (Serviços de Biblioteca), Universidade de Glasgow) e Mithu Lucraft (Diretor, Estratégia de Marketing de Conteúdo, Springer Nature) por sua contribuição neste post.

Notas

1. ALEXANDER, K. The State of Open Monographs [online]. The Digital Science blog, 2019 [viewed 2 December 2021]. Available from: https://www.digital-science.com/blog/news/the-state-of-open-monographs-dsreports/

2. The future of OA books – white paper [online]. Springer Nature. 2019 [viewed 2 December 2021]. Available from: https://www.springernature.com/gp/open-research/journals-books/books/future-of-open-access-books

3. AO Books Toolkit: http://oabooks-toolkit.org/

4. Business models for open access book publishing [online]. OA Books Toolkit. 2020 [viewed 2 December 2021]. Available from: https://oabooks-toolkit.org/lifecycle/10944589-planning-funding/article/10432084-business-models-for-open-access-book-publishing

5. List of funding sources for open access books publishing [online]. OA Books Toolkit. 2020 [viewed 2 December 2021]. Available from: https://oabooks-toolkit.org/lifecycle/article/15816852-list-of-funding-sources-for-open-access-books

6. The difference between an open access book and an open access journal [online]. OA Books Toolkit. 2020 [viewed 2 December 2021]. Available from: https://oabooks-toolkit.org/article/10722248-the-difference-between-an-open-access-book-and-an-open-access-journal

Referências

ALEXANDER, K. The State of Open Monographs [online]. The Digital Science blog, 2019 [viewed 2 December 2021]. Available from:  https://www.digital-science.com/blog/news/the-state-of-open-monographs-dsreports/

Business models for open access book publishing [online]. OA Books Toolkit. 2020 [viewed 2 December 2021]. Available from: https://oabooks-toolkit.org/lifecycle/10944589-planning-funding/article/10432084-business-models-for-open-access-book-publishing

COLLINS, E., MILLEY, C. and STONE, G. Guide to open access monograph publishing for arts, humanities and social science researchers [online]. OAPEN-UK, 2015 [viewed 2 December 2021]. Available from: https://fra1.digitaloceanspaces.com/oapen/0b15bc6dffd247418dc23c005e0f828f.pdf

HINCHLIFFE, L.J. Seeking Sustainability: Publishing Models for an Open Access Age [online]. The Scholarly Kitchen, 2020 [viewed 2 December 2021]. Available from: https://scholarlykitchen.sspnet.org/2020/04/07/seeking-sustainability-publishing-models-for-an-open-access-age/

List of funding sources for open access books publishing [online]. OA Books Toolkit. 2020 [viewed 2 December 2021]. Available from: https://oabooks-toolkit.org/lifecycle/article/15816852-list-of-funding-sources-for-open-access-books

OAPEN-UK. Guide to Creative Commons for Humanities and Social Science Monograph Authors [online]. OAPEN-UK [viewed 2 December 2021]. Available from: https://oapen.fra1.digitaloceanspaces.com/01f92ea3858c4e84aa317d3d0e52b676.pdf

Open access book policy landscape [online]. OA Books Toolkit. 2020 [viewed 2 December 2021]. Available from: https://oabooks-toolkit.org/the-oabooks-landscape/9324430-oa-book-policy-landscape

The difference between an open access book and an open access journal [online]. OA Books Toolkit. 2020 [viewed 2 December 2021]. Available from: https://oabooks-toolkit.org/article/10722248-the-difference-between-an-open-access-book-and-an-open-access-journal

The future of OA books – white paper [online]. Springer Nature. 2019 [viewed 2 December 2021]. Available from: https://www.springernature.com/gp/open-research/journals-books/books/future-of-open-access-books

The MIT Press launches Direct to Open [online]. The MIT Press blog, 2021 [viewed 2 December 2021]. Available from: https://mitpress.mit.edu/blog/mit-press-launches-direct-open

Understanding Open Access: When, Why, & How to Make Your Work Openly Accessible. Author’s Alliance. Available from: https://authorsalliance.org/wp-content/uploads/Documents/Guides/AuthorsAlliance-UnderstandingOpenAccess.pdf

Links externos

CEU Press: https://ceup.openingthefuture.net/

Glasstree Online Academic Self Publishing: https://glasstree.com/shop/

Knowledge Unlatched: https://knowledgeunlatched.org/

Language Science Press: https://langsci-press.org/

Open Access: OA Books – Research Guides at Virgina Tech: https://guides.lib.vt.edu/oa/books

Open Book Publishers: https://www.openbookpublishers.com/

unglue.it: https://unglue.it/

 

Christina Emery

Christina Emery é gerente de marketing dos programas de livros de acesso aberto da Palgrave Macmillan e da Springer na Springer Nature. Ela estudou francês e alemão na Universidade de Leeds e trabalhou no European Patent Office em Munique. Antes de sua função atual, ela foi Gerente de Associações na Knowledge Unlatched. Christina é membro do Conselho Assessor Editorial do OAPEN Open Access Books Toolkit.

 

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

EMERY, C. Post convidado – Construindo um caminho mais fácil para a publicação de livros em acesso aberto: Apoio para autores [Publicado originalmente no Scholarly Kitchen em março/2021] [online]. SciELO em Perspectiva, 2021 [viewed ]. Available from: https://blog.scielo.org/blog/2021/12/02/post-convidado-construindo-um-caminho-mais-facil-para-a-publicacao-de-livros-em-acesso-aberto/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Post Navigation