Category: Análises

Por que a reforma da comunicação científica parece tão difícil e lenta?

O mundo enfrenta problemas globais para os quais a ciência é necessária como parte da solução. No entanto, o sistema de comunicação científica não é remotamente tão rápido e aberto quanto necessário para uma colaboração mundial eficiente. Os poderes que estão em posição de reformar o sistema são muito tímidos. Crises como a COVID-19 poderão despertá-los? Read More →

O surto de coronavírus (COVID-19) ressalta sérias deficiências na comunicação científica [Publicado originalmente no LSE Impact Blog em março/2020]

À medida que as respostas da pesquisa e do governo ao surto de COVID-19 aumentam diante de uma crise global de saúde pública, Vincent Larivière, Fei Shu e Cassidy R. Sugimoto refletem sobre os esforços para tornar a pesquisa sobre este assunto mais amplamente disponível. Argumentando que um foco restrito em pesquisas publicadas em periódicos de alto nível, predominantemente em inglês, impediu os esforços de pesquisa, eles sugerem que a ênfase renovada na realização de pesquisas abertas sobre o vírus apresenta uma oportunidade de reavaliar como os sistemas de pesquisa e comunicação científica servem ao bem público. Read More →

O que pensam os pesquisadores do ambiente cultural em que trabalham?

Políticas, incentivos, processos de avaliação, abordagens de liderança… estão prejudicando a pesquisa científica? Uma pesquisa quantitativa online com mais de 4.200 pesquisadores, realizada pela fundação Wellcome Trust do Reino Unido, parece mostrar evidências claras de que existem problemas generalizados na cultura da pesquisa. Quem financia, publica, avalia ou conduz pesquisas agora pode usar estas evidências como ponto de partida para implementar soluções. Porém, estes problemas de gestão humana com o pessoal de pesquisa científica são diferentes dos de outros campos de atividade, sejam eles de trabalho ou esportes? Read More →

Postar preprints antes da avaliação por pares está associado à maior visibilidade e citação dos artigos publicados

A comunicação de resultados de pesquisa por meio de preprints vem aumentando significativamente, a julgar pelo número crescente de manuscritos depositados no servidor bioRxiv para biologia e ciências da vida. No entanto, apenas uma pequena fração dos artigos de pesquisas indexados no PubMed iniciaram como preprints no bioRxiv. Mas o que diriam os autores indecisos quanto aos preprints se soubessem que artigos que têm preprints associados – têm o índice do Altmetric 49% maior e 36% mais citações? É o que mostra um estudo recente publicado no eLife. Read More →

Verificação CRediT – Devemos adotar ferramentas para diferenciar as contribuições em trabalhos acadêmicos? [Publicado originalmente no LSE Impact Blog em janeiro/2020]

A Elsevier é a mais recente de uma lista cada vez maior de publishers a anunciar sua adoção, para 1.200 periódicos, da Taxonomia de Função de Contribuidor CASRAI (CASRAI Contributor Role Taxonomy – CRediT). Os autores destes artigos deverão definir suas contribuições em relação a uma taxonomia predefinida de 14 funções. Neste post, Elizabeth Gadd avalia os prós e os contras de definir a contribuição de maneira mais descritiva e questiona se existe o risco de incentivar novos tipos de comportamento competitivo e formas de avaliação que não beneficiam os pesquisadores. Read More →

Avaliação por pares não é apenas controle de qualidade, é parte integrante da infraestrutura social da pesquisa [Publicado originalmente no LSE Impact Blog em junho/2019]

O objetivo da avaliação por pares geralmente é retratado como um simples teste “objetivo” da solidez ou qualidade de um trabalho de pesquisa. No entanto, ela também desempenha outras funções, principalmente vinculando e desenvolvendo relacionamentos entre redes de pesquisadores. Neste post, Flaminio Squazzoni explora estas interconexões e argumenta que entender a avaliação por pares simplesmente como um exercício de controle de qualidade é permanecer cego às suas dimensões históricas, políticas e sociais. Read More →

Trabalhando de acordo com a regras – Como os objetivos bibliométricos distorceram a pesquisa italiana [Publicado originalmente no LSE Impact Blog em novembro/2019]

Como afirma a lei de Goodhart: “quando uma medida se torna um objetivo, ela deixa de ser uma boa medida”. O uso da bibliometria para medir e avaliar pesquisadores se tornou cada vez mais comum, mas a implementação destas políticas desvaloriza as métricas em que se baseiam? Alberto Baccini, Giuseppe De Nicolao e Eugenio Petrovich apresentam evidências de um estudo de pesquisadores italianos que revelam como a introdução de objetivos bibliométricos na academia italiana mudou a maneira como os acadêmicos italianos citam e usam o trabalho de seus colegas. Read More →

Um olhar sobre a avaliação por pares de propostas de auxílio à pesquisa

A plataforma Publons de registro da atividade acadêmica de avaliação por pares lançou o Grant Review in Focus (Avaliação de Auxílio à Pesquisa em Foco) sobre a avaliação e identificação de projetos para receber financiamento. Foram entrevistados 4.700 pesquisadores além de dados extraídos do Web of Science. Read More →

Google Acadêmico, Web of Science ou Scopus, qual nos dá melhor cobertura de indexação?

Uma análise recente da cobertura de indexação das bases de dados Google Acadêmico, Web of Science e Scopus mostra que valores mais altos nem sempre significam maior qualidade ou melhor indexação, uma vez que a inclusão de mais documentos de menor qualidade ou impacto pode refletir em outras facetas da análise e, dependendo do tipo de avaliação, deve ser necessário eliminar certos tipos de documentos da contagem de citações. Read More →

Transparência: O que se pode aprender a partir de valiosas faturas? [Publicado originalmente no blog Scholarly Kitchen em novembro/2019]

Um novo conjunto de dados da Fundação Gates oferece informação sobre as escolhas dos autores e os preços de APC. Read More →

Acelerando a comunicação científica via preprints

Existem mais de 60 servidores de preprints em todo o mundo. Parece ser uma tendência, porém o modelo ainda apresenta problemas e questões não resolvidas, tanto em termos de preservação digital quanto de financiamento e colaboração de suas soluções tecnológicas. Seria importante para as agências de financiamento descobrir como apoiar estas propostas. Read More →

Como redigir um parecer acadêmico? [Publicado originalmente no blog da DADOS em julho/2019]

O objetivo deste post é expor, em linhas gerais, o que um/a parecerista deve considerar antes de redigir uma avaliação. Nele, discutimos questões como a importância de se redigir pareceres, os tipos de parecer possíveis, o que fazer ao detectar algum conflito de interesses etc. Read More →

Indexação de periódicos: Padrões essenciais e porque são importantes [Publicado originalmente no LSE Impact Blog em agosto/2019]

As maneiras pelas quais os periódicos são indexados on-line são essenciais para que eles possam ser pesquisados e encontrados. A inclusão em determinados índices também está intimamente ligada à avaliação de qualidade, com os financiadores de pesquisa exigindo frequentemente que seus contemplados publiquem em veículos listados em determinados índices. Neste post, Danielle Padula explica a importância de uma boa indexação de periódicos e como os periódicos que aplicam os principais padrões podem aumentar o alcance e o impacto de suas publicações. Read More →

Ciência aberta e o novo modus operandi de comunicar pesquisa – Parte II

O processo de adoção do modus operandi da ciência aberta envolve todas as fases, atores e instâncias políticas e institucionais da pesquisa. Nos projetos de pesquisa a abertura é organizada e pervasiva em todo o ciclo da pesquisa. Este post apresenta uma visão geral da abertura do processo, conteúdos e resultados das pesquisas à luz das linhas prioritárias de ação do Programa SciELO. Está dividido em duas partes. Veja a Parte I aqui. Read More →

Ciência aberta e o novo modus operandi de comunicar pesquisa – Parte I

O processo de adoção do modus operandi da ciência aberta envolve todas as fases, atores e instâncias políticas e institucionais da pesquisa. Nos projetos de pesquisa a abertura é organizada e pervasiva em todo o ciclo da pesquisa. Este post apresenta uma visão geral da abertura do processo, conteúdos e resultados das pesquisas à luz das linhas prioritárias de ação do Programa SciELO. Está dividido em duas partes. Veja a Parte II aqui. Read More →