Tag: Política De Apoio à Comunicação

Planos de Acesso Aberto — S, T, U, até agora

As coisas parecem estar se movendo no Acesso Aberto (AA). Primeiro, havia o Plano S, proposto pelos financiadores de ciência da União Europeia, depois uma proposta para financiar o AA a partir de taxas de submissão, em vez das article processing charges (talvez de forma irreverente), chamada Plano T, e agora, em ordem alfabética, o Plano U. Os três têm grandes méritos, mas o Plano U tem maior chance de sucesso e oferece o melhor para a comunidade científica. Read More →

O que é o Plano U: acesso universal à pesquisa científica via preprints?

O Plano U propõe que as agências de fomento requeiram que os beneficiários de auxílio à pesquisa publiquem comunicações científicas em servidores de preprints, independentemente das formas alternativas de publicação que os pesquisadores possam fazer subsequentemente. A iniciativa poderia ser realizada com uma fração dos custos atuais e produziria uma aceleração significativa no ritmo das descobertas nos próximos anos. Read More →

Aos 50 anos a BIREME está face a face com a nova biblioteconomia

​A perspectiva de acesso equitativo à informação científica em saúde que fundamentou há 20 anos a criação e desenvolvimento da Biblioteca Virtual em Saúde vem se tornando realidade. Entretanto, no aniversário de 50 anos da BIREME, o escopo e as funções da biblioteconomia e das ciências da informação se veem tão tensionadas como há duas décadas pelo avanço da ciência aberta e a consecução dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Read More →

Como se relacionam pesquisadores e jornalistas no Brasil?

Os cientistas admitem que tratar de temas complexos referente à sua pesquisa com jornalistas não é tarefa das mais fáceis. Porém há muito eles perceberam que comunicar seus resultados apenas em periódicos científicos não é suficiente. Para obter recursos de pesquisa, atrair oportunidades de colaboração, e progredir na carreira, é necessário – e aconselhável – se comunicar com o público através de jornalistas. Conheça os detalhes desta relação e o que é possível fazer para melhorá-la. Read More →

O Acesso Aberto como alternativa de sustentabilidade na comunicação científica

O preço abusivo de assinaturas de periódicos científicos, que desencadeou o movimento de acesso aberto na década de 2000, permanece até hoje. A enorme pressão financeira sobre bibliotecas acadêmicas, instituições de pesquisa e governos encontra alternativa em modelos de negócio de acesso aberto. Alternativas inovadoras de sistemas de publicação em acesso aberto foram criadas em vários países e um workshop organizado pela Comissão Europeia reuniu especialistas para debatê-las. Conheça algumas alternativas. Read More →

Movimento Open Data se consolida internacionalmente

O movimento Open Data – a disponibilização de dados de pesquisa científica para preservação, consulta, utilização e citação – vem ganhando adeptos em todos os setores da academia, publishers, periódicos, instituições de pesquisa, e agências de fomento. A iniciativa permitirá maior interoperabilidade, transparência, visibilidade e impacto da pesquisa, além de assegurar a preservação digital dos dados originais, que de outra forma tendem a se perder ou se tornar inacessíveis com o passar do tempo. Read More →

Registro de ensaios clínicos será unificado na União Europeia

A União Europeia aprovou em abril de 2014 a legislação que regulamenta o registro de ensaios clínicos, que permitirá a cooperação de laboratórios e instituições de pesquisa entre países. A medida contribuirá para que os ensaios sejam mais transparentes e confiáveis, e também possibilitará a pesquisa de medicamentos para enfermidades raras. A primeira plataforma para registro de ensaios clínicos foi criada pela OMS em 2004. Atualmente, o registro de ensaios clínicos é mandatório na maioria dos países. Read More →