Tag: Bibliometria

Abertura é a única qualidade de um artigo científico que pode ser objetivamente aferida

A qualidade de um artigo de pesquisa científica é uma preocupação muito difundida no meio acadêmico. O proxy mais utilizado se baseia em contagens de citações, não do próprio artigo, mas da média dos artigos que aparecem no mesmo periódico durante um determinado intervalo de tempo. Isso é conhecido como o Fator de Impacto do periódico, que pode ser objetivo dentro de sua própria definição, mas é totalmente desprovido de objetividade em relação à qualidade científica de artigos individuais. Somente algumas qualidades técnicas dos artigos podem ser avaliadas no momento de sua publicação e, significativamente, sua abertura, o grau em que os resultados da pesquisa que descrevem, podem ser imediatamente e universalmente compartilhados. Read More →

Estamos no Radar do GSM?

O Google Scholar Metrics (GSM) oferece métricas alternativas ao Fator de Impacto JCR e ao SJR, a saber, o índice h-5. Para ingressar neste ranking mundial que cobre mais de 40.000 periódicos é necessário somente publicar uma média de 20 artigos por ano e ser citado. Entretanto, existem centenas de periódicos (nossos periódicos) que não estão sendo indexados no GSM. Estão fora do Radar. Read More →

Internacionalização como indicador de desempenho de periódicos do Brasil: o caso da psicologia

O caminho para o fortalecimento das publicações científicas passa quase sempre por sua internacionalização. Publicar em inglês, entretanto, não é suficiente para atingir uma audiência realmente global e índices comparáveis aos periódicos de maior prestígio. Um estudo sobre o grau de internacionalização de periódicos de psicologia do Brasil mostra como se pode trilhar este caminho. Read More →

In memoriam: Eugene Garfield – 1925-2017

O pai da Cienciometria faleceu aos 91 anos em 27 de fevereiro de 2017, deixando uma produção de mais de 1.000 trabalhos e comunicações ao longo de 60 anos de pesquisa. Read More →

Taxas de publicação em Acesso Aberto: nova crise das publicações seriadas?

As implicações financeiras e éticas que emergem da publicação em acesso aberto por meio de taxas de publicação na Índia são analisadas em um estudo que propõe a criação de uma plataforma a nível nacional de periódicos em acesso aberto a exemplo do SciELO para reduzir custos, aumentar a eficiência e facilitar o compartilhamento de metadados entre repositórios. Read More →

Estudo aponta que artigos publicados em inglês atraem mais citações

Entre os inúmeros fatores que influenciam a prática de citações na comunicação científica, o idioma da publicação desempenha um papel fundamental. Um estudo de pesquisadores argentinos mostrou que artigos em inglês recebem mais citações do que aqueles publicados em outros idiomas. Apesar de ser percebidos por muitos como de qualidade e relevância inferiores, os artigos em espanhol de dois periódicos latino-americanos avaliados cegamente não foram, de fato, subqualificados. Read More →

É possível normalizar métricas de citação?

Os indicadores bibliométricos representam muito mais do que uma indicação da visibilidade, relevância e impacto de um artigo. Todo o perfil da carreira de um pesquisador pode ser resumido em um ou mais indicadores numéricos de produtividade e impacto da pesquisa que ele produz. Entretanto, as métricas de citações variam consideravelmente com a área do conhecimento, a idade da publicação, o tipo de documento e a cobertura da base de dados onde foram apuradas as citações. É possível normalizá-las? Veja aqui os desafios desta prática. Read More →

Pesquisa inédita possibilita criação automática de base de dados de citações

O desenvolvimento de protótipo de sistema para criação automática de base de dados de citações brasileira a partir de artigos da SciELO é a pesquisa em andamento apresentada na Perspectivas em Ciência da Informação. Read More →

Indicadores bibliométricos da produção científica europeia

A Europa reúne muitos países líderes em pesquisa científica e tecnológica e conta com programas de incentivo à cooperação entre instituições, países e regiões para fomentar a competitividade, impacto e relevância de sua investigação. Um completo estudo com base em índices bibliométricos analisa a produção científica da região e avalia sua contribuição na criação da European Research Area. Read More →

Projeto Making Data Count incentiva compartilhamento de dados de pesquisa

O compartilhamento de dados de pesquisa (open data) vem se consolidando em todos os setores ligados à pesquisa científica, e envolve autores, periódicos, publishers, agências de fomento, o setor produtivo e a sociedade. Para incentivar autores a disponibilizar e reutilizar datasets, é preciso encontrar formas de medir o impacto científico destes dados. A iniciativa Making Data Count faz isso de forma eficiente, saiba como. Read More →

O uso de métricas em avaliações de pesquisa é matizado no Manifesto de Leiden

A avaliação da pesquisa vem, de forma crescente nas últimas décadas, sendo conduzida por meio de indicadores, os quais vêm progressivamente substituindo a avaliação feita pelos pares. Pesquisadores reunidos por ocasião da 19ª Conferência Internacional de Indicadores em Ciência e Tecnologia (STI 2014) realizada em setembro de 2014, em Leiden, Holanda, com o objetivo de nortear o uso de métricas em avaliação da ciência e coibir abusos no uso de indicadores, propuseram um conjunto de normas – o Manifesto de Leiden. Conheça suas diretrizes. Read More →

Estudo analisa o uso de redes sociais na avaliação do impacto científico

O uso de redes sociais em comunicação científica vem aumentando em larga escala e plataformas específicas têm sido criadas para interação e compartilhamento de informação entre pesquisadores. Estudo de pesquisadores da Universidade St. Gallen, na Suíça, avaliaram se e como o impacto científico pode ser medido por meio da análise de dados de mídias sociais, e como esta abordagem se relaciona com as métricas tradicionais. Read More →

Artigo analisa a saturação dos revisores por pares

A publicação online ocasionou o aumento significativo de periódicos e de artigos mundialmente, porém o número de pesquisadores não aumentou na mesma proporção. Com isso, o processo de revisão por pares, que confere qualidade e credibilidade aos artigos científicos, encontra-se saturado e como consequência a qualidade dos pareceres vem caindo. Dois artigos na Nature tratam do tema, o primeiro deles propõe um modelo híbrido para avaliar os artigos e o segundo relata um serviço online para registro e publicação de revisões, com a finalidade de conferir crédito e reconhecimento aos revisores. Read More →

Como faço para que me leiam e me citem se não publico em elite-journals?

O impacto de citações de nossos artigos dependerá em grande parte do trabalho de promoção que fizermos daquilo que publicamos. As citações não surgirão mecanicamente do Fator de Impacto do periódico, porém do nosso trabalho pessoal de marketing. Read More →

Artigo investiga: seu trabalho mais citado é seu melhor trabalho?

Estudo relata pesquisa com os 400 autores mais citados na área de ciências biomédicas sobre sua percepção a respeito de seus artigos mais citados publicados entre 2005-2008. Foi solicitado aos autores relacionar seus dez artigos mais citados em seis modalidades. A pesquisa tem por objetivo investigar se os autores consideram seus artigos mais citados os mais importantes e responder a questões como: A ciência progride principalmente através da evolução ou da revolução? O estudo traz muitas conclusões interessantes, entretanto, ao invés de responder às perguntas, traz ainda mais questionamentos. Read More →