Tag: Acesso Aberto

Acesso aberto na América Latina: um modelo para o resto do mundo [Publicado originalmente no blog da SPARC]

Manifesto assinado por acadêmicos e representantes de sociedades pró-acesso aberto publicado no portal da Scholarly Publishing and Academic Resources Coalition – SPARC, repudia as ideias defendidas por Jeffrey Beall que desqualificam o SciELO (e também Redalyc) a favor do controle dos periódicos pelas grandes editoras comerciais. O manifesto expressa que o acesso aberto na América Latina é exemplar. Read More →

Moção de repúdio ao ataque classista do Sr. Jeffrey Beall ao SciELO

Pelo Fórum de Editores de Revistas de Saúde Coletiva e Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) Read More →

Publicação Científica: A transição para o Acesso Aberto passa pela Holanda

As negociações entre as universidades holandesas (VSNU – Associação de Universidades Holandesas) e três grandes editoras (Springer, Wiley e SAGE) se encontram concluídas e foram feitos passos significativos para incluir o acesso aberto nas negociações com os editores. Com a Elsevier, no entanto, as negociações estão em um impasse, de acordo com o VSNU. Eles pediram um boicote, mas a verdadeira questão é, sem dúvida, porque a Elsevier, a maior editora acadêmica, além de ser holandesa (!), não pode fazer – ou não fará – o que outras grandes editoras podem – e farão. Não tenho resposta para isso, mas na tentativa de esboçar a situação com algum detalhe, espero poder acrescentar alguma clareza. O resultado das negociações certamente irá influenciar outros países. Read More →

SciELO adota CC-BY como atribuição principal de Acesso Aberto

A partir de 1º de julho de 2015, o Programa SciELO adotará a licença CC-BY como padrão de atribuição de Acesso Aberto para a coleção SciELO Brasil. Com esta decisão o SciELO alinha-se às políticas de Acesso Aberto adotadas pelos principais periódicos e publicadores internacionais com o objetivo de maximizar as opções de acesso e de reutilização dos artigos. Read More →

Recursos gastos globalmente em assinaturas de periódicos podem ser completamente transferidos para um modelo de negócio de acesso aberto para liberar acesso aos periódicos?

O rápido crescimento recente da publicação de acesso aberto e os claros benefícios que o acesso aberto representa para a sociedade como um todo leva à pergunta: podem todos os periódicos científicos por assinatura do mundo ser transferidos para acesso aberto de forma sustentável? Há dinheiro suficiente atualmente no sistema para essa transição e haveria qualquer impacto econômico? Um estudo esclarecedor recente publicado pela Biblioteca Digital Max Planck investiga esta questão e fornece algumas respostas muito concretas com base nas despesas reais com assinaturas e sobre os custos reais dos serviços de acesso aberto. Read More →

Os pareceres de propostas de financiamento a pesquisa poderiam ser abertos?

Pesquisadores têm discutido qual seria o impacto de tornar o processo de revisão de propostas de financiamento a pesquisa mais aberto e transparente, com o objetivo de apoiar a redação de melhores propostas e reconhecer o trabalho dos revisores. Artigo recente na Nature analisa a repercussão de dois trabalhos sobre a abertura do processo de revisão de projetos de pesquisa e a possibilidade de alteração da avaliação depois da publicação dos resultados. Read More →

Odontoestomatología – Primeiro periódico uruguaio do SciELO totalmente em inglês

Em 4 de dezembro, a Facultad de Odontología de la Universidad de la República del Uruguay assinalou um marco na publicação científica do país. Após oito anos de tarefas planejadas, o periódico Odontoestomatología, integrante do Portal SciELO, é o primeiro no país a estar disponível em formato online, acesso aberto e totalmente em inglês. Read More →

UNESCO e SciELO lançam livro sobre os 15 Anos do SciELO

Press release conjunto da UNESCO e SciELO comunica o lançamento do livro que analisa a experiência de 15 anos de operação do SciELO. O texto ressalta o pioneirismo e sucesso do SciELO na adoção da publicação em acesso aberto em 1998, mais tarde endossado pelas Declarações de Budapeste e Berlim e, em 2009, pela política de acesso aberto da UNESCO. Read More →

A Rede SciELO publica mais de 500 mil artigos em acesso aberto em 17 anos de operação

Com mais de 500 mil artigos indexados e publicados em acesso aberto, a Rede SciELO inicia o ano de 2015 com um notável recorde. Às vésperas de completar 17 anos de operação, este recorde é o resultado da operação regular das 13 coleções certificadas que adotaram o modelo SciELO entre os anos 1998 e 2009. O post apresenta o estado atual da Rede SciELO e destaca o compromisso de avançar na profissionalização, internacionalização e sustentabilidade financeira dos periódicos. Read More →

Princípios para citar dados científicos

Recentemente foi aprovada pelo grupo internacional FORCE11 a Joint Declaration of Data Citation Principles, o que assinala um marco no avanço da comunicação científica no ambiente online. Esta Declaração está sendo assinada e aprovada pelos principais grupos editoriais do mundo, universidades e, futuramente, será incorporada aos procedimentos do SciELO em sua melhora continua de gestão. Read More →

Semana Internacional dos Dados Abertos – o que há de novo?

Por ocasião da Semana Mundial de Dados Abertos, a ETSINF de Valencia promoveu o “1st International Workshop on Open Research Data”, onde foram apresentadas conferências interessantes que cobriram as políticas de implementação que estão sendo estabelecidas no âmbito da Comunidade Europeia, as considerações legais e éticas da abertura dos dados, as tecnologias de visualização, o desafio da nova especialidade de “data curator” e os novos serviços criados pelas empresas especializadas na preservação dos dados abertos. Read More →

Internacionalização da RAE-Revista de Administração de Empresas

Com mais de meio século de publicação ininterrupta, a RAE é um periódico de referência em âmbito nacional na área de Administração e desde 2010 tem investido para se posicionar também internacionalmente. Além da publicação de artigos em português, inglês e espanhol, a RAE tem dedicado esforços sistemáticos na ampliação e fortalecimento de sua rede de relacionamentos via internacionalização do seu comitê científico e promoção de chamadas de trabalho internacionais. Read More →

ABEC Brasil e SciELO vêm requerer da CAPES a reformulação do edital anunciado para o financiamento público de publicação de periódicos do Brasil por editora estrangeira

A Associação Brasileira de Editores Científicos do Brasil (ABEC Brasil) e o Programa SciELO / FAPESP em declaração pública solicitam à CAPES a suspensão e reformulação do edital anunciado no dia 29 de outubro passado para financiar a publicação de um grupo de periódicos do Brasil por editora comercial estrangeira. Em seu lugar propõem que os recursos anunciados pela CAPES sejam disponibilizados para custear taxas de publicação (Article Processing Charge) dos artigos de autores afiliados a instituições do Brasil publicados em periódicos de qualidade editados no país. Read More →

Ventos da mudança atingem a Alfa

Com mais de 50 anos de existência, como periódico científico, a Alfa–Revista de Linguística, atingiu plenitude acadêmica sem, contudo, estagnar-se. Com as inovações promovidas pela Editoria Executiva, passou a ser quadrimestral em 2014 e, em 2015, a ser bilíngue, um passo importante em direção à internacionalização de seu conteúdo. Read More →

Intercâmbio de dados de pesquisa continua baixo e aumenta lentamente

O intercâmbio de dados de pesquisa acadêmica permite que outros cientistas possam replicar os experimentos e avançar solidamente na construção da ciência. Apesar das agências financiadoras mais importantes do mundo estabeleceram em suas políticas a disponibilidade aberta dos dados, apenas um terço da pesquisa médica, e muito menos em outras áreas, cumprem estas disposições. Há várias razões que freiam este avanço que vão desde os direitos de autor e interesses comerciais até a segurança nacional. Read More →