Tag: Avaliação Da Ciência

Produtivismo, pesquisa e comunicação científica: entre o veneno e o remédio

Com a palavra, Teresa Cristina Rego: “É preciso que se construa – com urgência – novos modos de fomentar, avaliar e socializar a produção científica. Este é o nosso grande desafio”. “Nossos governantes e seus representantes, que atuam nos órgãos ligados à avaliação e ao fomento da pesquisa, também devem tomar consciência da gravidade do momento em que nos encontramos. E isto deve ser feito antes que seja tarde demais”. Em ensaio voltado a debater questões problemáticas do produtivismo, a pesquisadora abre a série de três entrevistas voltadas a discutir os desafios da ciência brasileira publicados no volume 40, da Educação e Pesquisa. Read More →

Perfil dos pesquisadores que integram o cerne da ciência mundial em publicações

Um número limitado de pesquisadores em todo o mundo consegue manter um fluxo contínuo e ininterrupto de publicações ao longo do tempo. Esta habilidade é compartilhada por apenas 1% dos pesquisadores, os quais integram o núcleo de cientistas mais produtivos e citados. A inabilidade de manter este fluxo se traduz em menor impacto científico. Read More →

O que podem nos fornecer as “métricas alternativas” ou altmetrias

São analisados os resultados e comentários de quatro artigos publicados no periódico EPI dedicados especialmente à altmetria, mostrando as possibilidades de futuro e as dificuldades atuais para o desenvolvimento de uma nova técnica de medição do impacto da investigação, do ponto de vista das redes sociais. Read More →

Periódicos SciELO aperfeiçoam-se com a adoção de fluxos clássicos de gestão online de manuscritos

O SciELO vem promovendo junto aos periódicos que indexa o aperfeiçoamento da gestão da avaliação de manuscritos de modo a contribuir para superar as diferentes dificuldades que enfrentam e fortalecer a transparência dos processos. Entre elas, está o uso de sistemas de gestão automatizada que organizam as funções dos atores envolvidos na avaliação dos manuscritos, permitem o acompanhamento do fluxo de trabalho e fornecem estatísticas das ações com vistas a orientar a melhoria sistemática dos processos. Este post analisa três fluxos clássicos de gestão automatizada de manuscritos adotados por um conjunto de periódicos SciELO e cujos resultados promissores mostram a viabilidade da estratégia do SciELO.   Read More →

A ciência na América do Sul na Nature

O renomado periódico Nature dedica uma seção especial do número de 11 de junho à análise da produção científica da América do Sul, ressaltando áreas de excelência e inovação que são reconhecidas internacionalmente e de colaboração com outros países dentro e fora da região. Os artigos também ressaltam as desigualdades econômicas e de infraestrutura, bem como os baixos investimentos em pesquisa e desenvolvimento, e apontam a FAPESP como modelo de sucesso em investimento diretamente ligado ao PIB. Read More →

Autores cujo idioma nativo não é o inglês e editores, avaliam dificuldades e desafios para publicar em periódicos internacionais

Devido a barreiras de língua e cultura, autores de países emergentes têm enfrentado desafios para ter seus artigos aceitos em periódicos do main stream internacional. Uma pesquisa conduzida com editores internacionais e autores de países cujo idioma nativo não é o inglês mostra que bons resultados de pesquisa podem ser prejudicados por redação pobre e dificuldades com o idioma. Read More →

Países em desenvolvimento liderados pela China ameaçam domínio norte-americano na ciência

Na última década, os Estados Unidos estão perdendo terreno em ciência e tecnologia para economias emergentes, principalmente na Ásia, segundo relatório do National Science Board em 2014. O país, entretanto, permanece líder em inovação, o que pode ter um relevante impacto na retomada do seu crescimento econômico. Muitos países estão desenvolvendo capacidades tecnológicas e capital humano para suportar uma economia baseada em conhecimento, com benefícios evidentes para estas nações. Read More →

Entrevista – Rogério Meneghini

Nesta entrevista, Rogerio Meneghini mostra que a visibilidade internacional de periódicos de países com economias emergentes depende não apenas da área, mas também da avaliação do periódico, que deve ser compreendido como um mecanismo que busca sua melhoria. Cursos de escrita técnica no primeiro ano das universidades são importantes neste aspecto e, indo além de artigos e projetos, aprender como escrever uma patente é particularmente importante nos dias atuais. Read More →

Um panorama diversificado de rankings

Atualmente há um panorama diversificado de rankings de universidades, em diferentes níveis – internacionais, regionais e nacionais – e estes últimos, revelam sua importância por serem mais contextualizados, inclusive utilizando fontes adicionais para ranquear as instituições de nível superior de seus países. Read More →

Indicadores de produtividade científica em rankings universitários: critérios e metodologias

A produção científica agregada dos professores, pesquisadores e estudantes afiliados às universidades, medida pelo número de artigos publicados em periódicos indexados e/ou pelas citações que recebem, é um dos principais indicadores utilizados na elaboração dos rankings universitários. Entretanto, cada ranking avalia a produção científica diferentemente. Read More →