Tag: Avaliação Da Ciência

Artigo investiga: seu trabalho mais citado é seu melhor trabalho?

Estudo relata pesquisa com os 400 autores mais citados na área de ciências biomédicas sobre sua percepção a respeito de seus artigos mais citados publicados entre 2005-2008. Foi solicitado aos autores relacionar seus dez artigos mais citados em seis modalidades. A pesquisa tem por objetivo investigar se os autores consideram seus artigos mais citados os mais importantes e responder a questões como: A ciência progride principalmente através da evolução ou da revolução? O estudo traz muitas conclusões interessantes, entretanto, ao invés de responder às perguntas, traz ainda mais questionamentos. Read More →

“10 anos de impacto de pesquisa: os artigos mais citados no Scopus entre 2001-2011” – Síntese do artigo publicado originalmente na newsletter Elsevier “Research Trends Issue 38″

Gali Halevi e Henk Moed pesquisaram os artigos mais citados no Scopus entre 2001 e 2011 em oito principais áreas temáticas, e deram aos seus autores a oportunidade de comentar sobre suas obras. Read More →

Publicar ou perecer? O crescimento do autor fracionado… – Publicado originalmente na newsletter Elsevier “Research Trends Issue 38”

Andrew Plume e Daphne van Weijen investigam como a pressão sofrida por pesquisadores para publicar seus trabalhos afetou os padrões de co-autoria nos últimos 10 anos. Estariam os pesquisadores publicando mais artigos de autoria única ou participando como co-autores de mais artigos? Read More →

SciELO participa da Coalisão global em defesa das licenças Creative Commons de acesso aos artigos científicos

A Associação Internacional STM lançou uma série de novos modelos de licenças para trabalhos em acesso aberto. Seu lançamento provocou uma reação em massa da comunidade científica e inúmeras organizações na forma de uma carta aberta denominada Coalition Letter on STM Model Licenses, que até o momento reuniu 83 organizações, entre elas o SciELO. Os signatários entendem que as consagradas licenças Creative Commons cobrem um amplo espectro de possibilidades, e que o acesso aberto prescinde de novas licenças. Read More →

Produtivismo, pesquisa e comunicação científica: entre o veneno e o remédio

Com a palavra, Teresa Cristina Rego: “É preciso que se construa – com urgência – novos modos de fomentar, avaliar e socializar a produção científica. Este é o nosso grande desafio”. “Nossos governantes e seus representantes, que atuam nos órgãos ligados à avaliação e ao fomento da pesquisa, também devem tomar consciência da gravidade do momento em que nos encontramos. E isto deve ser feito antes que seja tarde demais”. Em ensaio voltado a debater questões problemáticas do produtivismo, a pesquisadora abre a série de três entrevistas voltadas a discutir os desafios da ciência brasileira publicados no volume 40, da Educação e Pesquisa. Read More →

Perfil dos pesquisadores que integram o cerne da ciência mundial em publicações

Um número limitado de pesquisadores em todo o mundo consegue manter um fluxo contínuo e ininterrupto de publicações ao longo do tempo. Esta habilidade é compartilhada por apenas 1% dos pesquisadores, os quais integram o núcleo de cientistas mais produtivos e citados. A inabilidade de manter este fluxo se traduz em menor impacto científico. Read More →

O que podem nos fornecer as “métricas alternativas” ou altmetrias

São analisados os resultados e comentários de quatro artigos publicados no periódico EPI dedicados especialmente à altmetria, mostrando as possibilidades de futuro e as dificuldades atuais para o desenvolvimento de uma nova técnica de medição do impacto da investigação, do ponto de vista das redes sociais. Read More →

Periódicos SciELO aperfeiçoam-se com a adoção de fluxos clássicos de gestão online de manuscritos

O SciELO vem promovendo junto aos periódicos que indexa o aperfeiçoamento da gestão da avaliação de manuscritos de modo a contribuir para superar as diferentes dificuldades que enfrentam e fortalecer a transparência dos processos. Entre elas, está o uso de sistemas de gestão automatizada que organizam as funções dos atores envolvidos na avaliação dos manuscritos, permitem o acompanhamento do fluxo de trabalho e fornecem estatísticas das ações com vistas a orientar a melhoria sistemática dos processos. Este post analisa três fluxos clássicos de gestão automatizada de manuscritos adotados por um conjunto de periódicos SciELO e cujos resultados promissores mostram a viabilidade da estratégia do SciELO.   Read More →

A ciência na América do Sul na Nature

O renomado periódico Nature dedica uma seção especial do número de 11 de junho à análise da produção científica da América do Sul, ressaltando áreas de excelência e inovação que são reconhecidas internacionalmente e de colaboração com outros países dentro e fora da região. Os artigos também ressaltam as desigualdades econômicas e de infraestrutura, bem como os baixos investimentos em pesquisa e desenvolvimento, e apontam a FAPESP como modelo de sucesso em investimento diretamente ligado ao PIB. Read More →

Autores cujo idioma nativo não é o inglês e editores, avaliam dificuldades e desafios para publicar em periódicos internacionais

Devido a barreiras de língua e cultura, autores de países emergentes têm enfrentado desafios para ter seus artigos aceitos em periódicos do main stream internacional. Uma pesquisa conduzida com editores internacionais e autores de países cujo idioma nativo não é o inglês mostra que bons resultados de pesquisa podem ser prejudicados por redação pobre e dificuldades com o idioma. Read More →