Nota de repúdio ao artigo “Is SciELO a Publication Favela?” de autoria do Sr. Jeffrey Beall

Editores de periódicos assinam nota de repúdio à tentativa do Sr. Jeffrey Beall de depreciar gratuitamente a imagem exitosa do SciELO.

Leia a nota aqui: http://peloscielo.org/.

Seguem abaixo alguns dos comentários:

Os comentários extremamente inadequados feitos pelo autor prova que ele é, ao menos, mal informado. SciELO tem feito um excelente trabalho provendo acesso aberto à literatura científica ao redor do mundo e, especificamente, na América do Sul. Espero que ele seja capaz de ler e se informar sobre o SciELO para o seu próximo post.

Wallace Chamon, Editor-Chefe do Arquivos Brasileiros de Oftalmologia

É triste e inoportuno os comentários expressos nesse artigo que vai contra uma das principais iniciativas de internacionalização e aumento de visibilidade dos periódicos brasileiros.

Alexander Kellner, Editor-Chefe do Anais da Academia Brasileira de Ciências

Repudiamos totalmente esta nota de tentar desqualificar a SCIELO. A nota em questão busca apenas valorizar publishers comerciais, descartando totalmente o fato de que durante décadas essas publishers menosprezaram os esforços de publicações científicas da América Latina. A partir do momento em que essas publicações tiveram o acesso aberto através da SCIELO, sua visibilidade as tornou competidoras normais das publishers comerciais. Como exemplo, temos (GMB) sido (nos últimos 5 anos) procurados pelas publishers comerciais para migrarmos para elas. Ou seja, começamos a existir. Assim, a divulgação e o acesso aberto propiciados pela SCIELO tornaram possível à comunidade científica ler trabalhos e revistas de qualidade que estão nesta plataforma. A SCIELO está associada a qualidade, e isso é seu maior capital, que agora tem sido alvo de ataques, como esse, pelo receio de competição. Curioso que o texto em questão não menciona as centenas de publishers predatórias, que, estas sim, tem buscado competir diretamente com as publishers comerciais, porém sem a necessária busca de qualidade. Lamentável Sr. Jeffrey Beall! O Sr. ainda vai ver o SCIELO crescer e ganhar espaço entre as competidoras. Assim como nossas revistas que buscam qualidade vão buscar cada vez mais espaço na comunidade científica internacional, cada vez mais teremos condições de vencer o desafio de quebrar o abismo entre países desenvolvidos e emergentes. Vencendo este desafio estaremos melhorando o planeta.

Carlos Frederico Martins Menck, Editor-Chefe do Genetics and Molecular Biology

Mr. Jeffrey Beall é, provavelmente, é um editor frustrado, mal informados sobre a ciência no Brasil e na América Latina. SciELO é pioneiro uma nova forma de difusão científica, oferecendo periódicos em acesso aberto com alta qualidade: do Brasil e da América Latina para os pesquisadores, estudantes e todos os que necessitam ter acesso às publicações dos países nessa área. É muito difícil para nós ser aceitos no chamado “primeiro mundo”. Estamos muito orgulhosos de ter uma entidade sem fins lucrativos como o SciELO, dando oportunidade ao nosso pessoal para competir no ambiente de ciência, não só aqui, mas em todo o mundo, acumulando de experiência, com base na oportunidade oferecida pelo SciELO

Sinceramente,

Domingo Braile, Editor-Chefe da Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular

Getulio Batista, Editor da Revista Ambiente & Água, apoia integralmente o repúdio a tal artigo. Não faz nenhum sentido associar o nome favela de forma pejorativa à publicação científica, especialmente mencionando a Coleção SciELO que faz um trabalho extremamente sério e de qualidade. Acredito que o interesse comercial esteja dominando de forma predatória a publicação científica. Enquanto nosso sistema de avaliação de pesquisa ser fortemente baseado em um índice de impacto comercial em detrimento a alternativas gratuitas e públicas, como por exemplo, o Google Metrics e o Fator de Impacto da SciELO, ficamos vulneráveis a este tipo de insinuações para submetermos aos interesses comerciais de empresas.

Getulio Batista, Editor-Chefe da Revista Ambiente & Água

Compartilhamos plenamente com relação ao repudio à declaração inconveniente, exclusiva e agressiva do ora “editor” que deixa claro em suas palavras ofensivas o quanto nós editores devemos nos pautar na ética, no respeito autoral e na divulgação científica. A Scielo tem sido a nossa bússola e esteio no engrandecimento da publicação científica brasileira e merece portanto todo nosso respeito e admiração.

Arlinda Cantero Dorsa, Editora-Chefe do periódico Interações (Campo Grande)

Apoio inteiramente o repúdio a esse artigo.

Mas o nível é tão medíocre, que talvez nem fosse o caso de dar atenção….

Silvio R. A. Salinas, Editor-Chefe da Revista Brasileira de Ensino de Física

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

SCIENTIFIC ELECTRONIC LIBRARY ONLINE. Nota de repúdio ao artigo “Is SciELO a Publication Favela?” de autoria do Sr. Jeffrey Beall [online]. SciELO em Perspectiva, 2015 [viewed ]. Available from: http://blog.scielo.org/blog/2015/08/25/nota-de-repudio-ao-artigo-is-scielo-a-publication-favela-de-autoria-do-sr-jeffrey-beall/

 

4 Thoughts on “Nota de repúdio ao artigo “Is SciELO a Publication Favela?” de autoria do Sr. Jeffrey Beall

  1. Renato Gonçalves Valente on August 26, 2015 at 13:18 said:

    Recomendo a todos lerem o Artigo: Campo Científico, de Pierre Bourdieu, para entender melhor quais são às intenções do preconceituoso e interesseiro Sr. Beall, ao qual, ainda por educação, tratamo-os como Sr. Clique no link e boa leitura: http://uaiinformatica.net/luciana/campo_cientifico_bourdieu.pdf

  2. Cadernos EBAPE.BR on September 8, 2015 at 12:03 said:

    A Equipe Editorial do periódico Cadernos EBAPE.BR apoia o repúdio ao artigo: “Is SciELO a Publication Favela?” de autoria do Sr. Jeffrey Beall.

  3. José Sabino on October 5, 2015 at 11:35 said:

    Lamentável essa posição classista, recheada de ranço e bolor preconceituoso, expressas no artigo de Jeffrey Beall. Expresso aqui meu irrestrito apoio ao relevante e democrático trabalho da SciELO em promover o acesso e a visibilidade da literatura científica da América do Sul.

  4. Paulo Corgosinho on October 7, 2015 at 05:37 said:

    Achei que fosse um artigo sério. Mas é um blog/website e vocês estão asim, inflamados? Esse senhor é limitado. Mas e daí? Todos os países possuem sua cota de pessoas assim em todos os níveis sociais. Esqueçam e foquem no que merece.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post Navigation