Author: Lilian Nassi-calò

Avaliação sobre a reprodutibilidade de resultados de pesquisa traz mais perguntas que respostas

reprodutibilidade-_thumb

A iniciativa Reproducibility Project: Cancer Biology que tem por objetivo verificar a reprodutibilidade em pesquisa pré-clinica na área de oncologia foi lançada em 2013 como resultado da colaboração do Center for Open Science e a Science Exchange. Os primeiros resultados dos estudos de replicação acabam de ser publicados, porém sua interpretação requer uma abordagem cuidadosa. Read More →

Estudo avalia fontes de financiamento para pagamento de taxas de processamento de artigos em acesso aberto

oa_piggybank_thumb

Existe correlação entre as taxas de processamento de artigos (article processing charge, APC) e o Fator de Impacto das publicações? Quais são as fontes de financiamento para o seu pagamento e como estas influenciam a escolha do periódico para publicação? Estas e outras perguntas foram investigadas por autores da Universidade Nanjing, China e os resultados explicam as particularidades do acesso aberto em diferentes países. Read More →

Aumenta a adoção de avaliação por pares aberta

open_peer_review_thumb

Ao analisar como surgiu e evoluiu a instituição ‘peer review‘, é possível compreender a atual transição por que passa o processo de avaliação por pares, em direção a maior abertura, transparência e responsabilidade. Read More →

Taxas de publicação em Acesso Aberto: nova crise das publicações seriadas?

As implicações financeiras e éticas que emergem da publicação em acesso aberto por meio de taxas de publicação na Índia são analisadas em um estudo que propõe a criação de uma plataforma a nível nacional de periódicos em acesso aberto a exemplo do SciELO para reduzir custos, aumentar a eficiência e facilitar o compartilhamento de metadados entre repositórios. Read More →

Estudo aponta que artigos publicados em inglês atraem mais citações

Entre os inúmeros fatores que influenciam a prática de citações na comunicação científica, o idioma da publicação desempenha um papel fundamental. Um estudo de pesquisadores argentinos mostrou que artigos em inglês recebem mais citações do que aqueles publicados em outros idiomas. Apesar de ser percebidos por muitos como de qualidade e relevância inferiores, os artigos em espanhol de dois periódicos latino-americanos avaliados cegamente não foram, de fato, subqualificados. Read More →

É possível normalizar métricas de citação?

Os indicadores bibliométricos representam muito mais do que uma indicação da visibilidade, relevância e impacto de um artigo. Todo o perfil da carreira de um pesquisador pode ser resumido em um ou mais indicadores numéricos de produtividade e impacto da pesquisa que ele produz. Entretanto, as métricas de citações variam consideravelmente com a área do conhecimento, a idade da publicação, o tipo de documento e a cobertura da base de dados onde foram apuradas as citações. É possível normalizá-las? Veja aqui os desafios desta prática. Read More →

Teses e dissertações: prós e contras dos formatos tradicional e alternativo

Com o intuito de agilizar a redação e avaliação da tese, instituições e programas de pós-graduação de vários países, inclusive do Brasil, estão optando por permitir que os candidatos que têm artigos publicados decorrentes da pesquisa do mestrado ou doutorado, substituam a redação dos capítulos da tese por estes artigos, encabeçados por uma introdução, conclusão e revisão da literatura científica. Seria este formato ideal e aplicável a todos? Read More →

Como se relacionam pesquisadores e jornalistas no Brasil?

Os cientistas admitem que tratar de temas complexos referente à sua pesquisa com jornalistas não é tarefa das mais fáceis. Porém há muito eles perceberam que comunicar seus resultados apenas em periódicos científicos não é suficiente. Para obter recursos de pesquisa, atrair oportunidades de colaboração, e progredir na carreira, é necessário – e aconselhável – se comunicar com o público através de jornalistas. Conheça os detalhes desta relação e o que é possível fazer para melhorá-la. Read More →

Instruções aos autores de periódicos em saúde: o que comunicam?

As instruções aos autores (IaA) supostamente contém toda informação necessária e suficiente para orientar a submissão correta de um artigo a um periódico. A realidade, entretanto, mostra uma enorme diversidade de conteúdos que nem sempre cumprem seu papel. Analisamos aqui as instruções de periódicos em ciências da saúde do SciELO Brasil, bem como relatos da literatura sobre o tema. Read More →

Como o Acesso Aberto pode impulsionar a carreira de pesquisadores

A completa adoção do acesso aberto ainda não foi atingida principalmente porque pesquisadores ainda não estão totalmente convencidos de que esta modalidade de publicação irá fazer por suas carreiras o mesmo que os periódicos de acesso pago. Um detalhado artigo de revisão publicado no eLife mostra que a pesquisa aberta traz inúmeros benefícios aos pesquisadores e está associada a um aumento de citações, atenção da mídia, potencial colaboração e oportunidades de financiamento e emprego. Read More →