Author: Lilian Nassi-calò

O papel dos editores na avaliação por pares: como identificar maus pareceristas

Um modelo teórico de avaliação por pares avalia os efeitos que pareceristas de conduta antiética tem na aprovação e rejeição de artigos e como os editores de periódicos podem mitigar este comportamento. O que está em jogo é a confiabilidade, transparência e eficiência da avaliação por pares pré-publicação. Read More →

A miopia dos indicadores bibliométricos

A utilização de indicadores bibliométricos para avaliação da ciência é uma prática ubíqua, a despeito de não existir uma relação inequívoca entre citações e qualidade, impacto ou mérito científico. Um recente estudo estabelece que o uso indiscriminado destes indicadores pode dificultar a publicação de resultados inovadores de pesquisa, retardando o desenvolvimento da ciência. Read More →

Propostas de financiamento a pesquisa enviadas ao NIH podem citar preprints

O uso de preprints como meio de acelerar a comunicação das pesquisas vem se tornando uma prática frequente em muitas áreas do conhecimento, também como forma de aperfeiçoar o processo de avaliação por pares. Os National Institutes of Health, renomada instituição norte-americana de pesquisa e agência de fomento anunciou recentemente que propostas de financiamento e relatórios estão autorizados a citar preprints “para acelerar a disseminação e aumentar o rigor de seu trabalho”. Read More →

Persistem as disparidades de gênero na ciência a despeito dos significativos avanços

A participação de mulheres como autores em publicações acadêmicas vem aumentando significativamente em todo o mundo e em todas as áreas do conhecimento, chegando a 49% no Brasil e Portugal, seguido da Austrália (44%) e União Europeia (41%). A equidade de gênero na ciência, entretanto, ainda tem um longo caminho a percorrer, especialmente nas funções de editoração e avaliação por pares. Um estudo realizado com mais de 41 mil artigos entre 2007 e 2015 mostra que editores do gênero masculino – que são maioria – selecionam preferencialmente pareceristas do mesmo gênero. Read More →

Internacionalização como indicador de desempenho de periódicos do Brasil: o caso da psicologia

O caminho para o fortalecimento das publicações científicas passa quase sempre por sua internacionalização. Publicar em inglês, entretanto, não é suficiente para atingir uma audiência realmente global e índices comparáveis aos periódicos de maior prestígio. Um estudo sobre o grau de internacionalização de periódicos de psicologia do Brasil mostra como se pode trilhar este caminho. Read More →

Avaliação sobre a reprodutibilidade de resultados de pesquisa traz mais perguntas que respostas

A iniciativa Reproducibility Project: Cancer Biology que tem por objetivo verificar a reprodutibilidade em pesquisa pré-clinica na área de oncologia foi lançada em 2013 como resultado da colaboração do Center for Open Science e a Science Exchange. Os primeiros resultados dos estudos de replicação acabam de ser publicados, porém sua interpretação requer uma abordagem cuidadosa. Read More →

Estudo avalia fontes de financiamento para pagamento de taxas de processamento de artigos em acesso aberto

Existe correlação entre as taxas de processamento de artigos (article processing charge, APC) e o Fator de Impacto das publicações? Quais são as fontes de financiamento para o seu pagamento e como estas influenciam a escolha do periódico para publicação? Estas e outras perguntas foram investigadas por autores da Universidade Nanjing, China e os resultados explicam as particularidades do acesso aberto em diferentes países. Read More →

Aumenta a adoção de avaliação por pares aberta

Ao analisar como surgiu e evoluiu a instituição ‘peer review‘, é possível compreender a atual transição por que passa o processo de avaliação por pares, em direção a maior abertura, transparência e responsabilidade. Read More →

Taxas de publicação em Acesso Aberto: nova crise das publicações seriadas?

As implicações financeiras e éticas que emergem da publicação em acesso aberto por meio de taxas de publicação na Índia são analisadas em um estudo que propõe a criação de uma plataforma a nível nacional de periódicos em acesso aberto a exemplo do SciELO para reduzir custos, aumentar a eficiência e facilitar o compartilhamento de metadados entre repositórios. Read More →

Estudo aponta que artigos publicados em inglês atraem mais citações

Entre os inúmeros fatores que influenciam a prática de citações na comunicação científica, o idioma da publicação desempenha um papel fundamental. Um estudo de pesquisadores argentinos mostrou que artigos em inglês recebem mais citações do que aqueles publicados em outros idiomas. Apesar de ser percebidos por muitos como de qualidade e relevância inferiores, os artigos em espanhol de dois periódicos latino-americanos avaliados cegamente não foram, de fato, subqualificados. Read More →