Ética editorial – Boas práticas em ética editorial – Wiley atualiza seu famoso manual em Acesso Aberto

Em 2006, John Wiley & Sons, um Publisher global de primeira linha, foi o primeiro a publicar online um manual de boas práticas em ética editorial que estabeleceu um ponto de referência para os editores de periódicos e sociedades acadêmicas.

Esta companhia que tem mais de 200 anos prestando serviços na área da informação e educação, é parte do Comité de Ética do COPE, participa na publicação de mais de 800 sociedades renomadas e está em uma posição de primeira linha na defesa dos padrões éticos na publicação. Agora, reafirma seu compromisso para defender e promover a ética editorial, com o lançamento da segunda edição de seu manual: “Best Practice Guidelines on Publishing Ethics: A Publisher’s Perspective, 2ed., 2014”¹.

A publicação é uma atualização do manual anterior, que consideramos uma referência obrigatória sobre temas éticos que surgem nas publicações acadêmicas, tanto para editores, autores, e pesquisadores, como para o público em geral.

É importante destacar que este manual foi publicado em Acesso Aberto sob licença CC-BY-NC 4.0 e seu download pode ser feito livremente.

O manual, em suas mais de 50 páginas, recompila informação de várias fontes agrupadas nos seguintes capítulos:

  1. Introduction
  2. First: Speak with your publisher
  3. Research integrity
  4. Research ethics in journal articles
  5. Editorial standards and processes
  6. Copyright and intellectual property
  7. Resources for responsible publication policies and procedures
  8. Flowcharts COPE
  9. Sample letters

Estes capítulos compreendem aspectos importantes como a falsificação e manipulação de dados e imagens, plágio, publicações duplicadas e redundantes, retratações, aspectos de privacidade e confidencialidade, e todos os temas que geram controvérsias ao editor onde a resolução deve ser embasada em códigos de ética.

Nesta nova edição foram acrescentados temas importantes, tais como um guia sobre como tratar as denuncias de terceiros, a pesquisa com animais, a biossegurança, a pesquisa clínica e, em particular, temas relacionados ao registro de ensaios clínicos. Também estão incluídas orientações de boas práticas em temas inovadores como direitos humanos, confidencialidade, e o respeito às diferenças culturais.

O capítulo 8 “Flowcharts COPE” reproduz os famosos diagramas do Committee on Publication Ethics (COPE), como por exemplo:

  • O que deve ser feito se há suspeita de que o manuscrito é redundante (duplicado) de outro publicado;
  • O que deve ser feito se há suspeita de plágio em um manuscrito apresentado;
  • O que deve ser feito se o Autor correspondente solicitar a eliminação de sua autoria antes da publicação;
  • etc.

Esta edição atualizada contou com a colaboração de 30 editores de temas multidisciplinares e especialistas em ética que representam as diversas comunidades ao redor do mundo. No final do manual está indicado o comitê de especialistas consultados.

Por último, o capítulo 9, traz uma dezena de modelos de cartas de editores para atender problemas como mudanças ou remoção de autores, sobre conflito de interesses, manipulação de dados, desenhos, etc.

A publicação de “Best practice guidelines on publishing ethics: A publisher’s perspective. Second edition. John Wiley & Sons, Ltd. 2014 CC-BY-NC 4.0” vem sendo, também, apoiada por vários blogs participativos, entre os quais recomendamos os seguintes:

  • Our top 10 tips for navigating ethical challenges in scholarly publishing

http://exchanges.wiley.com/blog/2014/03/12/our-top-10-tips-for-navigating-ethical-challenges-in-scholarly-publishing/

  • Publication ethics: the editorial office perspective

http://exchanges.wiley.com/blog/2014/02/24/publication-ethics-the-editorial-office-perspective/

  • Publication ethics: a journal editor’s perspective

http://exchanges.wiley.com/blog/2014/03/10/publication-ethics-a-journal-editors-perspective/

Nota

¹ Manual Best Practice Guidelines on Publishing Ethics: A Publisher’s Perspectivehttp://exchanges.wiley.com/medialibrary/2014/03/12/19049c7c/Best%20Practice%20Guidelines%20on%20Publishing%20Ethics%202%20Ed.pdf

Links externos

Wiley – http://www.wiley.com

COPE – http://publicationethics.org/

 

spinakSobre Ernesto Spinak

Colaborador do SciELO, engenheiro de Sistemas e licenciado en Biblioteconomia, com diploma de Estudos Avançados pela Universitat Oberta de Catalunya e Mestre em “Sociedad de la Información” pela  Universidad Oberta de Catalunya, Barcelona – Espanha. Atualmente tem uma empresa de consultoria que atende a 14 instituições do governo e universidades do Uruguai com projetos de informação.

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

SPINAK, E. Ética editorial – Boas práticas em ética editorial – Wiley atualiza seu famoso manual em Acesso Aberto [online]. SciELO em Perspectiva, 2014 [viewed ]. Available from: http://blog.scielo.org/blog/2014/04/15/etica-editorial-boas-praticas-em-etica-editorial-wiley-atualiza-seu-famoso-manual-em-acesso-aberto/

 

One Thought on “Ética editorial – Boas práticas em ética editorial – Wiley atualiza seu famoso manual em Acesso Aberto

  1. Gustavo Biscaia de Lacerda on May 11, 2014 at 09:40 said:

    Dada a importância do tema e dado que o Blogue Scielo valorizou tanto a publicação da Wiley, seria interessante que vertessem para o português esse manual e pusessem-no à disposição no blogue.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post Navigation