Os artigos em acesso aberto chegaram para ficar: em menos de 10 anos aproximam de 50% do nível mundial

Publicação patrocinada pela Comissão Europeia, que destaca o papel do SciELO no Brasil e no hemisfério sul, estima que 50% dos artigos acadêmicos no mundo estão disponíveis em Acesso Aberto. Pesquisadores como Stevan Harnad calculam esta taxa em 32%. Diferenças metodológicas explicam a discrepância, porém os resultados alcançados em uma década mostram que não há retrocesso nesta tendência. Read More →

Entrevista com Indrajit Banerjee, Diretor da Divisão de Sociedade da Informação da UNESCO

Para atingir a meta de sociedades do conhecimento abertas e inclusivas, diferentes abordagens e estratégias foram adotadas pela UNESCO. Indrajit Banerjee destaca que a plataforma descentralizada e cooperativa do SciELO proporciona um contexto para o país se apropriar do processo de publicação em Acesso Aberto. Read More →

Agenda de discussão sobre o desenvolvimento futuro da Rede SciELO

As coordenações nacionais da Rede SciELO estão conduzindo, de comum acordo, uma agenda de trabalho para a definição das linhas prioritárias de ação para os próximos anos orientadas ao aperfeiçoamento dos periódicos e das coleções SciELO. Elas serão debatidas e aprovadas na reunião presencial da rede no contexto da Conferência SciELO 15 Anos. Read More →

Entrevista com Vincent Larivière

Bibliometria/Cientometria está no cerne da ciência da informação e é importante salientar as várias limitações dos indicadores bibliométricos – alerta Vincent Larivière. O Fator de Impacto de periódicos fornece uma útil indicação “holística” da posição relativa de um periódico dentro de uma subárea. A maioria dos pesquisadores fora da área de biblioteconomia e ciências da informação não tem noção de suas verdadeiras limitações! Read More →

Indicadores de produtividade científica em rankings universitários: critérios e metodologias

A produção científica agregada dos professores, pesquisadores e estudantes afiliados às universidades, medida pelo número de artigos publicados em periódicos indexados e/ou pelas citações que recebem, é um dos principais indicadores utilizados na elaboração dos rankings universitários. Entretanto, cada ranking avalia a produção científica diferentemente. Read More →

Altmetrics, Altmétricas, Altmetrias: novas perspectivas na visibilidade e no impacto das pesquisas científicas

A altmetria é o novo campo para a avaliação das interações sobre trabalhos científicos que ocorrem na Web. Sibele Fausto retoma o post de Atila Iamarino e comenta o reposicionamento dos colégios invisíveis nas plataformas de redes sociais que intensificaram o intercâmbio de informação e o debate de ideias e cujas métricas apontam para o interesse despertado por trabalhos científicos. Read More →

Você compartilha, eu curto e nós geramos métricas

A atitude espontânea dos usuários das redes sociais de compartilhar artigos deixa rastros que são acompanhados por métricas quase instantâneas que antecipam o seu potencial informativo, ao contrário das citações que levam meses ou anos para serem computadas. Atila Iamarino nos fala da “sabedoria das multidões” em tempo real. Read More →

O gosto da brasilidade no Mercado Central

Uma visita ao Mercado Central de São Paulo é a recomendação para os participantes da Conferência SciELO 15 Anos apreciarem no sábado ou domingo um pouco do sabor de São Paulo. Localizado na região central da cidade o mercado forma um espaço colorido de frutas, verduras, queijos, carnes, peixes e restaurantes, movimentado por comerciantes, clientes, turistas em um lindo projeto arquitetônico. Read More →

Programa Científico da Conferência SciELO 15 Anos

A Conferência SciELO 15 Anos tratará de dimensões e aspectos da comunicação científica contemporânea que estão moldando os meios e as formas que a pesquisa científica será comunicada no futuro. O programa da conferência procura situar análises e debates com uma visão global da pesquisa científica. Read More →

Entrevista com Hooman Momen, Editor do Boletim da OMS

O Editor do Boletim da OMS fala sobre as várias tendências que permeiam a comunicação científica internacional como o acesso aberto, o relatório Finch, os megajournals, o multilinguismo, o impacto transformador das tecnologias sempre pontuando as condições que favorecem ou desafiam o desenvolvimento dos periódicos dos países em desenvolvimento ou emergentes e em especial do SciELO. Read More →