Tag: Comunicação Científica

PubMed Commons: NLM lança versão piloto que permite comentários abertos sobre artigos

The National Library of Medicine (NLM) dos Estados Unidos anunciou a implantação do PubMed Commons, um sistema que permite aos pesquisadores comentar sobre trabalhos científicos publicados, promovendo um fórum de discussão entre pares. Para a fase piloto, pesquisadores do NIH e do Wellcome Trust, bem como colegas convidados por estes, foram selecionados para testar a iniciativa. Este sistema está alinhado à tendência mundial de promover discussão de resultados de pesquisa abertamente. Read More →

Entrevista com Atila Iamarino

As Redes Sociais têm adquirido importância crescente na comunicação da pesquisa científica. Uma das ferramentas clássicas das redes sociais são blogs de caráter científico. Questões relevantes sobre o uso dos blogs para comunicação científica são esclarecidas e discutidas nesta entrevista com Atila Iamarino publicada em áudio e texto. Read More →

Ética editorial e o problema do autoplágio

Se o autor copia um texto sem indicar o autor que o escreveu é considerado plágio, mas… o que acontece se você copiar suas próprias obras e não indicar? Autoplágio não é um crime de propriedade intelectual, mas é uma falta de ética na comunicação científica. É possível reutilizar seu próprio material? Até que ponto um trabalho pode ser incorporado a partes de trabalhos anteriores? Read More →

Entrevista com William Gunn

O serviço de gerenciamento e compartilhamento de artigos científicos – Mendeley – é uma ferramenta inovadora que compõe o novo modus operandi da comunicação científica com base em redes de pesquisadores. Mendeley foi adquirida pelo publisher comercial Elsevier que garante, no entanto, manter o uso livre de custo. Read More →

Polêmico artigo na Science expõe fragilidades da revisão por pares em um conjunto de periódicos de acesso aberto

Pouco antes da celebração em todo o mundo da Semana do Acesso Aberto, um controverso artigo publicado na Science expôs a recorrente questão das fragilidades do processo de peer review na comunicação científica. O trabalho concentra-se em uma seleção de periódicos que cobram uma taxa para publicar em acesso aberto e relata como 304 versões de um artigo fictício contendo graves e evidentes falhas foi aceito por 157 periódicos, muitos já identificados como predatórios. Este post relata a experiência e reúne comentários de blogs internacionais. Read More →

Impacto segundo Nature: comentários sobre o número especial 502 (7471) 17 oct. 2013

O fator de impacto dos periódicos medidos por citações recebidas é relevante, mas não suficiente para a avaliação dos projetos por parte das agências nacionais que financiam pesquisas. Sem desconsiderar essas medidas objetivas e a importância que têm, está surgindo uma visão consensual de que deve-se também avaliar o impacto social e econômico do que as agências financiam. Read More →

Entrevista com Cameron Neylon

O defensor do Acesso Aberto, Cameron Neylon, fala sobre o papel dos periódicos PLOS na disseminação de artigos da melhor qualidade, por meio de um modelo de negócios que transfere dos leitores aos autores a responsabilidade pelo pagamento dos custos editoriais. Read More →

Entrevista com Mark Patterson

Mark Patterson, que fez a palestra principal da Conferência SciELO 15 Anos, descreve como a eLife vem consolidando a ideia que a comunicação científica é parte integrante – das mais relevantes – da pesquisa acadêmica por meio da publicação em acesso aberto de conteúdos selecionados por um seleto grupo de pesquisadores. O pesquisador também fala sobre o recente artigo polêmico sobre acesso aberto publicado pela Science. Patterson atribui à SciELO a crescente visibilidade e qualidade dos periódicos na América Latina. Read More →

Entrevista – Rogério Meneghini

Nesta entrevista, Rogerio Meneghini mostra que a visibilidade internacional de periódicos de países com economias emergentes depende não apenas da área, mas também da avaliação do periódico, que deve ser compreendido como um mecanismo que busca sua melhoria. Cursos de escrita técnica no primeiro ano das universidades são importantes neste aspecto e, indo além de artigos e projetos, aprender como escrever uma patente é particularmente importante nos dias atuais. Read More →

Entrevista com José Adolfo Rodríguez Gallardo

A UNAM, que ocupa um lugar de destaque na produção científica latino-americana, e o CONACYT, formam um grupo de trabalho para melhorar as publicações científicas do México. A UNAM coordena o SciELO México e por 30 anos produz as bases CLASE, PERIÓDICA e Latindex, abrangendo todas as áreas científicas. Desde 2006 promove periódicos de acesso aberto e repositórios. Read More →

SciELO 15 Anos: comunicação científica, encontros, reencontros, poesia e música

Os avanços, tendências e inovações que estão moldando o futuro da comunicação científica serão analisados e debatidos na Conferência SciELO 15 Anos em um ambiente que privilegiará o intercambio de ideias e experiências, encontros e reencontros de pesquisadores, estudantes e profissionais de informação e comunicação científica, assim como de representantes de instituições públicas e empresas comerciais. Read More →

Entrevista com Janet Seggie

Para melhorar a qualidade do processo de revisão por pares, Janet Seggie recomenda treinamento formal específico para esta atividade como parte da tarefa normal do pesquisador, e dar o reconhecimento merecido a seu nome. Este método poderia ter mais opções de revisão remunerada, e também que as propostas de revisão por pares sejam declaradas. Read More →

Um panorama diversificado de rankings

Atualmente há um panorama diversificado de rankings de universidades, em diferentes níveis – internacionais, regionais e nacionais – e estes últimos, revelam sua importância por serem mais contextualizados, inclusive utilizando fontes adicionais para ranquear as instituições de nível superior de seus países. Read More →

Da lista aos rankings

Com base no livro “A Vertigem das Listas”, de Umberto Eco, resgata-se a origem histórica das listas, discorrendo sobre sua evolução até os sofisticados artefatos tecnológicos de organização da informação atuais, culminando com o surgimento das listagens ordinais hierárquicas mundiais de universidades, também conhecidas como rankings. Read More →

Integridade em pesquisa e o papel institucional: the time has come!

Ao destacar a importância da realização da 4ª Conferência Mundial sobre Integridade na Pesquisa no Brasil em 2015, Sonia Vasconcelos realça o reconhecimento do Global Research Council à relevância da integridade científica no financiamento, produção e avaliação da pesquisa e vislumbra como possível o apoio das instituições para que a integridade científica passe também a fazer parte da cultura de formação de alunos de graduação e de pós-graduação. Read More →